Publicado por: lobusdaestepe | dezembro 17, 2010

Natal pelo mundo: Uruguai, Dubai, China,Irã, Finlândia, Suécia,Rússia, México, Espanha, Turquia e Argentina

Uruguai:-  Para uruguaios tradicionais, o amor da família é o centro da sua identidade e cultura.

O Natal é comemorado nas residências com a reunião de familiares.

Finlândia: Lá as tradições são um pouco diferentes. Os finlandeses costumam frequentar saunas na véspera do natal. Talvez seja um estímulo para tomar banho quando você tem várias pessoas para conversar, já que as camadas de neve muitas vezes cobrem as janelas das casas por lá. Outro costume é visitar cemitérios, uma homenagem aos parentes já falecidos.

Suécia: Seguindo as tradições vikings ,os suecos começam a comemorar o Natal no dia 13 de dezembro, dia de Santa Luzia, e realizam uma procissão pela cidade com tochas acessas. Outro costume é beber destilados, afinal o frio é intenso, enquanto que no verão se bebe para comemorar a ausência das baixas temperaturas.

Rússia: O Natal é comemorado no dia 7 de janeiro e a ceia deve ter muitos pratos com mel, frutas e grãos, mas em compensação nenhum tipo de carne deve ser consumido. Antigamente era a figura das simpáticas babouschkas que passava de casa em casa para deixar um presente para as crianças, mas com o regime socialista a tradição foi deixada de lado, assim como montar a árvore de natal, considerado um símbolo religioso. Atualmente o natal lá é muito semelhante com o ocidental e em alguns lugares do interior, crianças esperam avidamente pela visita da senhora com o lenço na cabeça, um costume que na verdade nunca morreu.

 

Dubai: Muitos acham que os shoppings e lojas em Dubai são mais festivos do que na maioria dos países cristãos.

Bonecos de neve e árvores de Natal são mais populares do que as cenas da natividade, mas a mensagem é clara, o Natal é bem-vindo em Dubai, especialmente para aqueles que celebram têm dinheiro para gastar.

Irã: O país, que fazia parte da Pérsia no passado, teria sido o lar dos três reis magos e apesar de ser um país predominantemente muçulmano, sabemos que a maioria das tradições possuem raízes comuns, então existem uma comemoração em dezembro por lá adaptadas a seus costumes, chamada de “pequena festa”. Do dia 1º de dezembro até o dia 25 as pessoas devem jejuar, ou seja, nada de produtos animais. No último dia um jantar é realizado para a família, mas de forma relativamente discreta e simples. O Prato tradicional é a Harasa, uma espécie de ensopado de galinha. Eles não costumam trocar presentes, mas as crianças ganham roupas novas, e fazem questão de estreia-las no dia da festa.

China: Quem faz negócios com a China sabe que Yiwu, província de Zhejiang, é o epicentro internacional de fabricação e distribuição de produtos natalinos.

Isto faz de Hangzhou, a capital provincial, um dos maiores consumidores de decorações de Natal disponíveis.

A cidade, um dos mais  belos lugares da China, tem ainda grandes indústrias de   chá, seda e também turismo,

Quando dezembro se aproxima, Hangzhou torna-se ainda “mais iluminada”  com as cores vermelho e verde e ouro do Natal.

Argentina: Em Buenos Aires, na Argentina, o Natal é um feriado de verão.

Véspera de Natal é um tempo para passar juntos como uma família.

Começam a se  reunir por volta dás nove horas para um jantar às 10 horas, no quintal ao redor da mesa de piquenique.

Come-se quase todos os tipos imagináveis de carne com pão e saladas.

Fogos de artifício começam quando  escuresse( por volta dás 21:30 hs).

Embora algumas crianças recebam presentes do Papai Noel na noite de Natal, o costume é  esperar até 06 de janeiro, Dia de Reis.

México: O amendoim é nativo do México e tem sido associado com as celebrações do Natal, desde o século 17.

Existe uma lenda relacionada com o amendoim, que conta a história de um rapaz que caminhava para a igreja da sua aldeia para visitar o presépio.

À chegada, o jovem percebeu que não tinha nada para oferecer o Menino Jesus e decidiu reunir alguns ramos verdes que encontrou crescendo ao longo da estrada.

Quando ele colocou os ramos na manjedoura, uma linda flor vermelha em forma de estrela floresceu em cada ramo.

Tradicional festa de Natal no México, começam com “Las Posada ” , que consistemde nove dias consecutivos de procissões de velas , começando em 16 de dezembro.

Véspera de Natal é a última noite da pousada e os povos locais normalmente  vão  a missa da meia-noite na igreja da cidade e voltam para casa para desfrutar de um jantar com suas famílias.

As crianças brincam com a  “Piñatas”,  bonecos em forma de  de urso, papai noel, etc, recheados com doces e  suspensos no teto por uma corda.

Cada criança, com os olhos vendados , tenta quebrar a piñata com um bastão.

A criança que for bem-sucedido é o herói da festa, e compartilha o doce com todas as crianças presentes.

Distribuir Piñatas  para os pobres também faz parte das festividades natalinas.

Espanha:  A Catalunha tem a uma tradição muito curiosa , menos comum em Barcelona, mas encontrada em todo o resto da região, especialmente nas zonas rurais – é Tió de Nadal .

Nadal significa “Navidad” em catalão.

A tradição do Tió está aparentada com a da árvore de Navidad, também portadora de presentes para os mais pequenos da casa.

Eles podem ser comprados em vários tamanhos, mas essencialmente é um tronco de árvore oco,  com a cara pintada  e coberto com uma manta.

O Tio é “alimentado” todas as noites, desde do dia 08 de dezembro  até a véspera do Natal.

Então, na véspera de Natal ou o Dia de Natal, dependendo da preferência da família, é espancado com um pau, com uma canção especial para tirar  suas guloseimas de doces ou nozes.

São sempre presentes pequenos, porque os grandes são trocados  em outro dia.

No dia 6 de janeiro, El Día de los Reyes (O Dia dos Reis), o dia em que os Reis Magos foram ver Jesus na manjedoura, trazendo seus presentes de ouro, incenso e mirra.

Canção do Tió

Caga, Tió – “caga, Tió”

Tió de Nadal – “Tió de Navidad”

no caguis arengades – “no cagues arenques”

que són salades -”que están salados”

caga torrons – “caga turrones”

que són més bons – “que están más buenos”

Na Turquia, país muçulmano, não celebra o Natal, no dia 25 de dezembro,mas  comemoram o Ano Novo, como se fosse o natal.  Enfeitam as ruas, lojas e casas com os enfeites típicos do Natal.

Fazem a árvore de Natal nas  casas para receberem o Ano Novo e  trocam de presentes .

Os cristãos ortodoxos que vivem lá, celebram o Natal no dia 7 de Janeiro, porém quer o dia 25 de Dezembro para os católicos, quer o dia 7 de Janeiro para os ortodoxos, passa praticamente despercebido na Turquia, sendo ambos dias normais de trabalho.

 

Feliz Natal  em diversas linguas:

Feliz Natal  em Espanhol: FELIZ NAVIDAD

Feliz Natal  em Árabe: Mboni Crismen

Feliz Natal  em Chinês: Sheng Tan Kuai Lo

Feliz Natal  em Turco: Yeni yiliniz kutlu olsun

Feliz Natal  em Francês: Joyeux Noel

Feliz Natal  em Italiano: Buon Natale

Feliz Natal  em Bulgaro: Vessela Koleda

Feliz Natal  em Chevo: Vesele Vanoce

Feliz Natal  em Eslovaco: Vesele Vianoce

Feliz Natal  em Hungaro: Boldog Karácsonyt

Feliz Natal  em Hebreu: Mo’adim Lesimkha

Feliz Natal  em Alemão: Frohe Weihnachten

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 55 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: