Publicado por: lobusdaestepe | fevereiro 21, 2011

Aluguel de carro na Europa: dicas

  • Procure alugar seu carro ainda aqui no Brasil, pagando em reais.

Se você for locar na hora, poderá ter a  surpresa de não encontrar o carro desejado na saída do aeroporto, e ainda enfrentará filas e poderá ficar horas no atendimento, principalmente na alta temporada.

Contratar, resolver algum problema com o carro ou acionar o seguro ficará bem mais fácil através da chamada gratuita diretamente com o Brasil que as grandes operadoras como Hertz e Avis disponibilizam.

  • Para os que vão locar diretamente na Europa e querem facilitar a aprovação, tenha um cartáo de crédito com limite suficiente para o tempo que você for alugar o seu carro. Ou tenha em mãos dinheiro em espécie para cobrir a locação.
  • Para obter tarifas mais vantajosas, alugue por mais tempo.

As locadoras oferecem melhores preços para locações de 7 ou mais dias.

  • Atente para descontos maiores na baixa temporada, entre outubro e março.
  • Na alta temporada, procure reservar com boa antecedência, para conseguir a categoria de carro desejado e valores atrativos.
  • Não entre numa fria. Procure dar preferência para as grandes e mais conhecidas locadoras. Para pagamentos ainda no Brasil, opte pela Avis ou Hertz, que cobrem praticamente toda a Europa. Outra que está presente em mais de 160 países da Europa, tem ótimo conceito e também boas tarifas, é a Europcar.
  • Para aluguel de carros na Espanha e Itália, e somente dentro destes países, pois o seguro não é mais válido quando cruzar a fronteira, consulte a Pepecar. É uma das locadoras que tem as tarifas mais baratas para quem for locar por pouco tempo.
  • Para comparar tarifas, além de consultar diretamente os sites das locadoras, há, também, os sites da Auto Europe, Easy Car e Cars for Less, que rastreiam as melhores tarifas de cada locadora.
  • Confira atentamente o contrato de locação e verifique com o atendente o que mais será cobrado. Caso faça a reserva no Brasil, peça que enviem por email o contrato com a descrição completa de todos itens constantes. Normalmente há o seguro pessoal que as operadoras fazem diretamente na retirada do carro e é opcional. Se você nada falar, este seguro será cobrado na devolução do veículo.
  • Verifique se há a possibilidade e se seu seguro cobre a circulação entre vários países. Muitos seguros não valem mais quando você sai do país onde locou o automóvel.
  • Esta recomendação é fundamental: faça sempre o seguro completo do seu carro, não o parcial. Seu passeio será muito mais tranquilo e você não terá que desembolsar nenhuma quantia surpresa, somente a franquia mínima. Aqui vale também negociar com a locadora a contratação da isenção da franquia.
  • Opte, preferencialmente, pelas locações com quilometragem livre. quando seu passeio durar mais que 2 dias.
  • Se a sua operadora lhe entregar um veículo com o tanque cheio de combustível, devolva-0 cheio também, pagando preços normais pelo combustível. O preço que as locadoras cobram por litro de combustível para quem devolve o veículo com o tanque vazio chega a ser 50% mais caro que nos postos de combustíveis.
  • Leia as instruções básicas de funcionamento do seu veículo e também o tipo de combustível com o qual deve ser abastecido, já que na Europa você mesmo abastece seu veículo. Para cada tipo de combustível há um bocal diferente que deverá ser perfeitamente encaixado na entrada do tanque de seu carro. É muito comum, principalmente na primeira vez, confundir gasoil com gasolina e fazer piruetas para encaixar a bomba no bocal do combustível.
  • Antes de sair rodando, verifique pneus, latarias e possívels avarias que possam haver no carro.
  • Documente-se com  fotos do veículo, inclusive do painel com a quilometragem  e, se tiver algum problema  mais grave, peça para trocar seu veículo.
  • Dimensione o carro para ter uma sobra de espaço aos passageiros e suas bagagens. Para a cidade e pouca mala, um veículo compacto. Para a estrada, um sedã ou perua. Se for viajar em quatro pessoas, por exemplo, invista na categoria perua para cima. Nada pior que viajar com uma mala no meio dos passageiros que viajam atrás.
  • Lembre-se de que você escolherá um grupo de automóvel, e náo o veículo específico, pois a locadora lhe alugará o que estiver disponível. Caso reserve ainda no Brasil e não haja nenhum veículo da sua categoria ao chegar na locadora, ela será obrigada a lhe oferecer um veículo da classe superior à sua.
  • Quanto menor for a categoria do seu carro e menor a isenção de danos causados ao veículo locado, menor o valor de sua locação. Mas esta não é a combinação ideal. Economize na categoria e evite muita dor de cabeça investindo no seguro total e sem franquia de seu veículo.
  • Fique atento que a maioria das locadoras exigem idade mínima de 21 anos do condutor, além de 2 anos de validade da carteira de motorista.
  • Inclua na locação do seu carro um localizador via satélite, o GPS. Você pagará muito pouco por um equipamento que lhe fará economizar muito tempo e combustível.
  • Se for para a Europa no outono ou inverno, economize uma boa grana locando carros sem ar-condicionado, apenas com ar quente, os chamados “Greens Cars”.
  • Procure devolver o carro antes ou na data e hora marcadas, para náo pagar uma diária a mais. A cobrança normal é por diária de 24 horas, com cobrança por hora adicional até a sexta hora, quando então é cobrado mais uma diária.
  • Os países que fazem parte do tratado de Shengen não exigem a carteira internacional de motorista. Mas recomendo fazer a carteira, para evitar perder muito tempo caso aconteça algum sinistro ou numa simples conferência policital. A carteira internacional, que pode ser adquirida no Detran, em um Centro de Habilitação de Condutores de sua cidade ou na Touring Internacional, facilita, pois já vem traduzida em diversas línguas estrangeiras.
  • Você poderá locar seu automóvel em uma cidade de devolver noutra, mas antes verifique o quanto será cobrado de tarifa pelo retorno do veículo. Para os que querem economizar, a dica é locar e devolver no mesmo local. A diferença pode chegar a 200 EUR tranquilamente.
  • Se você vai ficar um dia inteiro em uma cidade, circulando bastante, compare o que gastaria de táxi ou com o aluguel de um veículo. Poderá ser muito mais vantajoso sair de carro alugado do aeroporto e circular pela cidade do que andar de táxi. Mas se você for utilizar o transporte público, como trem ou metrô, seguramente será muito mais barato e ecologicamente correto.
  • Veja se há realmente a necessidade de alugar um carro durante toda a sua viagem, em grandes capitais é fria alugar carro, faça isso quando já estiver saindo .
  • A maioria das cidades européias são muito bem servidas de transporte público e em muitas o melhor é conhecê-las a pé ou de bike. E lembre-se: em Londres, por exemplo, pagar o estacionamento pode sair mais caro que a diária de seu veículo.
  • Há regiões e passeios que combinam muito com carro, como a Toscana, Provença, Portugal, Andaluzia, mas procure limitar o deslocamento diário em 300Km. E lembre-se da regra básica: alugar carro não combina com pressa nos passeios.
  • Em caso de multa, normalmente você pagará na hora. Mas quando for enviada para a locadora para cobrança posterior, ela pagará, mas cobrará de você. Então, avise-a quando isto acontecer, para evitar cobranças judiciais.
  • Lembre-se de calcular uma média de quanto gastará de pedágios e combustível no trajeto que fará. Um site que pode ajudar nisto é o Via Michelin, que mantém sempre bem atualizada praticamente todas estradas da Europa, além de fornecer o valor médio de combustível de cada país. Outro bom serviço é o Map24, concorrente mais fraco do Michelin.
  • Uma dica infalível: alugue seu veículo com GPS e selecione, no equipamento, a ida por estradas não pedagiadas.

Assim você curtirá as estradas internas, além de passar por dentro das cidades, ou leve o seu GPS que fica muito mais barato.:)

 

 

 

 

 

 

About these ads

Responses

  1. Quando viajo gosto de alugar carro porque ando mais tranquilo. E estas vão ajudar-me imenso.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 53 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: