Publicado por: lobusdaestepe | outubro 31, 2017

Harry Porter- Os cenários reais na Inglaterra e Escócia

O trem a vapor Expresso Hogwarts, que aparece no filme de Harry Potter e existe de verdade (Divulgação)

 

 

Acabo de voltar de um viagem pelo interior da Inglaterra, Escócia e Irlanda, e a lembrança dos lugares dos filmes do Harry Porter nos acompanha sempre.

Para a sorte dos fãs, parte deles existe de verdade.

Não fui em todos, mas aqui a lista esta quase completa para quem gostar(Fontes- Roteiros literários e Buzzfeed.com)

 

PLATAFORMA 9 ¾

A plataforma 9 ¾ da estação King’s Cross, que leva os estudantes até Hogwarts.

Embora não leve ninguém através da parede, (ai precisa ir a Orlando, nos parques da Disney para ter esta nova experiencia) .

Há  uma placa entre as plataformas 9 e 10 que identifica os peculiares 3/4.

01-harry-potter-casa-dursley-esta-a-venda
CASA DOS DURSLEYA casa número 04 da Rua dos Alfeneiros na verdade é a numero 12  da Rua Picket Post Close e fica em Bracknell, na Inglaterra.

Esta eh a casa dos tios que hostilizavam Harry na infancia

 

HOGWARTS

Foram várias as locações de Hogwarts, mas pelo menos três castelos ingleses recebem visitas constantes de admiradores de Harry Potter.

Resultado de imagem para castelo de alnwick

No Castelo de Alnwick (Northumberland NE66 1NQ, Reino Unido)

foram filmadas as cenas externas dos primeiros filmes – a mais emblemática é a da primeira aula de voo a bordo da vassoura.

Resultado de imagem para catedral de gloucester

Já para o interior de Hogwarts foi escolhida a Catedral de Gloucester,

em Gloucester (12 College Green, Gloucester GL1 2LX, Reino Unido).

Dá para ver ali os corredores e as escadas da escola.

Resultado de imagem para catedral de durham

O exterior e o interior da Catedral de Durham, em Durham (The College, Durham DH1 3EH, Reino Unido),

também foram usados como cenário e algumas aulas foram gravadas no local.

OXFORD

Resultado de imagem para oxford

Universidade de Oxford (Oxford, Inglaterra) também serviu de locação para a série.

 

A sala de jantar de Hogwarts, no filme de Harry Potter, ambientada na Faculdade de Christ Church (Divulgação)

Faculdade de Christ Church (St Aldate’s, Oxford OX1 1DP, Reino Unido)

virou, no filme, a sala de jantar de Hogwarts.

Resultado de imagem para Duke Humphrey’s Library

Também é da universidade a biblioteca que aparece no filme ,

Duke Humphrey’s Library (Old Bodleian Library, Broad Street, Oxford OX1 3BG)

BECO DIAGONAL

Resultado de imagem para mercado leadenhall londres

Mercado Leadenhall (Gracechurch Street,EC3V 1LR), em Londres,
foi adaptado para virar o Beco Diagonal, centro comercial dos bruxos.
LILIAN E TIAGO POTTER

Resultado de imagem para lacock inglaterra

Em um flashback, Lilian e Tiago, pais de Harry, aparecem sendo mortos por Lord Voldemort.

O lar da família Potter, onde a tragédia acontece, fica em Lacock, uma vila do condado de Wiltshire, na Inglaterra.

A fictícia Godric’s Hollow é a Church Street – a casa fica ao final da rua, próximo a Lacock Church (Church street, SN15 2LB).

EXPRESSO HOGWARTS

O nome do trem a vapor que leva os alunos à escola de magia , na vida real,  é Jacobite (no site, você acompanha a agenda do trem, que está com passeios abertos).

Operado pela empresa West Coast Railway, o expresso faz o trajeto de Fort William até Mallaig,

na Escócia, incluindo o inesquecível Viaduto de Glenfinnan.

Dica: se for comprar um assento no trem, escolha o vagão D, onde o filme foi rodado.

O Expresso Hogwarts no Viaduto de Glenfinnan (Divulgação)

 

CABANA DO HAGRID

Resultado de imagem para Glencoe, Argyll PH49 4HX, Reino Unido

A cabana do carismático Hagrid foi adaptada em Glencoe, um vale vulcânico da Escócia.

O set foi montado do outro lado da estrada do Hotel Clachaig (Glencoe, Argyll PH49 4HX, Reino Unido).

O cenário foi removido após as filmagens.

 Loch Shiel, Lochaber

Este maravilhoso lago perto de Glenfinnan foi um dos dois lagos usados como referência para o Lago de Hogwarts nos filmes de Harry Potter. É o local onde o Bicuço encosta um dedo na água em Prisioneiro de Azkaban. Harry e Hermione também observam o lago da Torre de Astronomia em uma cena especialmente bonita no final de Príncipe mestiço.

Este maravilhoso lago perto de Glenfinnan foi um dos dois lagos usados como referência para o Lago de Hogwarts nos filmes de Harry Potter.

É o local onde o Bicuço encosta um dedo na águaem Prisioneiro de Azkaban.

Harry e Hermione também observam o lago da Torre de Astronomia em uma cena especialmente bonita no final de Príncipe mestiço.

 Clachaig Gully e Torren Lochan, Glencoe.

Durante as filmagens de Prisioneiro de Azkaban, a equipe construiu uma réplica da cabana de Hagrid ao lado de Torren Lochan em Clachaig Gully, completa com uma plantação de abóboras e fumaça na chaminé. Infelizmente, a cabana (e Hagrid) já não se encontram mais por lá, mas a cena soará familiar para os fãs. Além do mais, você pode pegar uma bebida no Clachaig Inn na vizinhança.

Durante as filmagens de Prisioneiro de Azkaban, a equipe construiu uma réplica da cabana de Hagrid ao lado de Torren Lochan em Clachaig Gully, completa com uma plantação de abóboras e fumaça na chaminé. Infelizmente, a cabana (e Hagrid) já não se encontram mais por lá, mas a cena soará familiar para os fãs. Além do mais, você pode pegar uma bebida no Clachaig Inn na vizinhança.

 Eilean na Moine e Loch Eilt, Lochaber.

Esta formosa ilhota (Eilean na Moine) é o local de descanso eterno de Dumbledore e onde Voldemort rouba a Varinha das varinhas em Relíquias da morte Parte 1. Loch Elit também é o local onde Harry e companhia encontram Hagrid jogando pedras melancolicamente sobre a água em Prisioneiro de Azkaban depois de saber que Bicuço deveria ser morto.

Esta formosa ilhota (Eilean na Moine) é o local de descanso eterno de Dumbledore e onde Voldemort rouba a Varinha das varinhas em Relíquias da morte Parte 1.

Loch Elit também é o local onde Harry e companhia encontram Hagrid jogando pedras melancolicamente sobre a água em Prisioneiro de Azkaban depois de saber que Bicuço deveria ser morto.

Para tornar o local do túmulo de Dumbledore mais teatral, Eilean na Moine foi digitalmente adicionada ao Loch Arkaig de 20 km de extensão na montanhosa Great Glen. Entretanto, este é o lar também de uma linda ilha não digital: Eilean Loch Airceig, que possui uma capela com uma atmosfera de ruína dedicada a St. Columba.s

Para tornar o local do túmulo de Dumbledore mais teatral, Eilean na Moine foi digitalmente adicionada ao Loch Arkaig de 20 km de extensão na montanhosa Great Glen. Entretanto, este é o lar também de uma linda ilha não digital: Eilean Loch Airceig, que possui uma capela com uma atmosfera de ruína dedicada a St. Columba.

         Steall Falls, Glen Nevis

Steall Falls em Glen Nevis é a segunda cachoeira mais alta da Grã-Bretanha, e pode ser vista normalmente no fundo da cena durante as partidas de Quadribol, pois Glen Nevis é usada como plano de fundo do estádio. A cachoeira também é o local onde Harry derrota o dragão rabo córneo húngaro em Cálice de fogo.

Steall Falls em Glen Nevis é a segunda cachoeira mais alta da Grã-Bretanha, e pode ser vista normalmente no fundo da cena durante as partidas de Quadribol, pois Glen Nevis é usada como plano de fundo do estádio.
A cachoeira também é o local onde Harry derrota o dragão rabo córneo húngaro em Cálice de fogo.

        Black Rock Gorge, Ross e Cromarty

Steall Falls não foi o único local usado para a cena do dragão em Cálice de fogo: Harry inicialmente se esconde do Rabo córneo húngaro neste desfiladeiro impressionante de 37 metros de altura em Glen Glass, não muito longe de Evanton. Há rumores de que o desfiladeiro seja assombrado pelo fantasma de Lady Balconie, ainda que ela não tenha aparecido no filme.

Steall Falls não foi o único local usado para a cena do dragão em Cálice de fogo: Harry inicialmente se esconde do Rabo córneo húngaro neste desfiladeiro impressionante de 37 metros de altura em Glen Glass, não muito longe de Evanton.

Há rumores de que o desfiladeiro seja assombrado pelo fantasma de Lady Balconie, ainda que ela não tenha aparecido no filme.

         Loch Morar, Lochaber

Loch Morar também foi usado para algumas das cenas próximas do Lago de Hogwarts, e pode ser visto em algumas cenas aéreas do cenário em vários filmes, de Prisioneiro de Azkaban em diante. O lago é o leito de água doce mais profundo das Ilhas Britânicas e é tido como o lar de um lendário monstro chamado Morag.

Loch Morar também foi usado para algumas das cenas próximas do Lago de Hogwarts, e pode ser visto em algumas cenas aéreas do cenário em vários filmes, de Prisioneiro de Azkaban em diante.

O lago é o leito de água doce mais profundo das Ilhas Britânicas e é tido como o lar de um lendário monstro chamado Morag.

        Glen Coe, Highland

Este famoso e dramático vale vulcânico aparece em várias cenas de paisagens de Prisioneiro de Azkaban em diante, incluindo a cena em que Hermione dá um soco em Malfoy em Prisioneiro de Azkaban, supostamente o momento mais apreciado na história de Harry Potter.

Este famoso e dramático vale vulcânico aparece em várias cenas de paisagens de Prisioneiro de Azkaban em diante, incluindo a cena em que Hermione dá um soco em Malfoy em Prisioneiro de Azkaban, supostamente o momento mais apreciado na história de Harry Potter.

          Loch Etive, Argyll e Bute

Depois de escapar do Banco de Gringott montados em um dragão em Relíquias da morte Parte 2, Harry, Hermione e Ron pulam no maravilhoso e gelado Loch Etive e precisam se secar nas margens. A turma também acampa nas proximidades de Glen Etive em Relíquias da morte Parte 1: é o local onde Hermione amarra seu lenço em uma árvore depois de Ron e Harry discutirem.

 Depois de escapar do Banco de Gringott montados em um dragão em Relíquias da morte Parte 2, Harry, Hermione e Ron pulam no maravilhoso e gelado Loch Etive e precisam se secar nas margens.
A turma também acampa nas proximidades de Glen Etive em Relíquias da morte Parte 1: é o local onde Hermione amarra seu lenço em uma árvore depois de Ron e Harry discutirem.

        Rannoch Moor, Lochaber

Rannoch Moor, também conhecido como Great Moor of Rannoch, é uma das maiores áreas selvagens da Escócia. É uma das várias locações de Harry Potter no West Highland Line, e você pode viajar no trem irmão do Expresso de Hogwarts logo em frente. Este também é o local onde os Comensais da morte param e entram no trem em Relíquias da morte Parte 1.

 Rannoch Moor, também conhecido como Great Moor of Rannoch, é uma das maiores áreas selvagens da Escócia.
É uma das várias locações de Harry Potter no West Highland Line, e você pode viajar no trem irmão do Expresso de Hogwarts logo em frente. Este também é o local onde os Comensais da morte param e entram no trem em Relíquias da morte Parte 1.

       The Elephant House Café, Edinburgh

E finalmente, nenhuma viagem temática de Harry Potter até a Escócia estaria completa sem um café no local onde tudo começou. J.K. Rowling era uma mãe solteira bastante ocupada quando escreveu partes do primeiro livro neste lindo salão nos fundos da cafeteria, que apresenta esta vista estonteante do Castelo de Edinburgh. Obrigado pela inspiração, Elephant House. E obrigado pelas lembranças, J.K.

E finalmente, nenhuma viagem temática de Harry Potter até a Escócia estaria completa sem um café no local onde tudo começou.

J.K. Rowling era uma mãe divorciada do marido e sem dinheiro quando   escreveu partes do primeiro livro neste salão nos fundos da cafeteria, que apresenta esta vista estonteante do Castelo de Edimburgo.

O lugar em que ela, de fato, começou a escrever a série foi na cafeteria Spoon, do qual seu cunhado era dono na época.

No centro de Edimburgo, no Balmoral Hotel, onde a autora terminou de escrever Harry Potter e as Relíquias da Morte em uma das suítes principais,  você pode se hospedar por £ 900 por noite.

 

Resultado de imagem para the balmoral hotel escocia

Anúncios

 Vladimir Yakunin, presidente da Russian Railways, a empresa estatal responsável pelas ferrovias da Rússia, falou sobre a possibilidade de se construir uma ligação entre o país e o Alasca, o que permitiria uma incrível road trip intercontinental indo de Londres a Nova York.

Zoe Melnyck, jornalista que escreve para o site The Plaid Zebra, e se baseia num projeto que incluiria ferrovias e estradas ligando o território russo ao norte-americano.

A travessia teria cerca de 88 km de extensão, o que equivaleria a cerca de uma hora de viagem de carro.

Saindo de Nova York, a rota traçada por Zoe cruzaria o nordeste dos Estados Unidos até chegar ao Canadá,

com os seguintes pontos de destaque para paradas: Floresta Nacional de Allegheny, na Pensilvânia,

pelo parque de diversões Cedar Point, em Ohio,

pelo Lago Michigan, em Indiana,

e pelas cidades de Chicago (Illinois) e Minneapolis (Minnesota).

Floresta Nacional de Allegheny

Cedar Point

Chicago

Minneapolis

Já no território canadense, a road trip incluiria passagens por locais como as belas cidades de Calgary e Edmonton

e pelo Parque Nacional Banff, todos em Alberta,

pelo parque Northern Rocky Mountains, na Colúmbia Britânica,

Parque e Reserva Nacional Kluane, em Yukon.

Calgary

 

Banff National Park

 

Parque e Reserva Nacional Kluane

 

Northern Rock

A passagem pelo Alasca seria rápida e levaria 3 dias de direção quase que sem interrupções até chegar a Fairbanks, a cidade mais próxima do fim do continente.

Depois de cruzar a estrada sobre ou sob o mar, a viagem chegaria até a Rússia, o maior país do mundo.

Seriam quase 10 mil km de estrada para cruzar o território e chegar aos países da Europa, não sem passar por cidades como a capital Moscou.

Moscou

Já na Europa, o roteiro prevê cerca de 2,5 mil km até Londres.

No caminho, paradas em Belarus, na Polônia, Alemanha, Holanda, Bélgica e França.

De lá, a missão é cruzar o Canal da Mancha para se encaminhar até Londres,

ponto final da aventura, após rodar mais ou menos 20 mil quilômetros.

Flores na Holanda

Passeio pela Polônia

Bruxelas

Voltando ao plano de Vladimir Yakunin, o objetivo não seria exatamente o de permitir viagens intercontinentais,

mas sim ampliar a possibilidade de envio de materiais e desenvolver as pequenas cidades no entorno da estrada e da ferrovia.

Mas não custa nada aproveitar para sonhar com esse roteiro incrível.

Fonte –  http://www.hypeness.com.br

 

Publicado por: lobusdaestepe | setembro 6, 2017

Bagagem aérea – Quantas malas posso levar

Depois de 5 meses da nova regra da Anac que permite às empresas a cobrança pelo despacho de bagagens, somente agora as aéreas internacionais anunciaram mudanças em suas políticas.

A TAP foi a única que teve uma mudança mais significativa: desde o dia 1 de setembro a franquia de duas malas de 32 kg na classe econômica foi alterada para uma de 23 kg. Foi criado também  uma nova categoria- a Discount, (em que a primeira mala despachada passa a custar US$ 45* , se o serviço for comprado ate 36 horas antes do embarque pelo site.

A Avianca, Emirates e Delta apresentaram mudanças no limite de franquia.

Empresas que não alteraram suas políticas e ainda permitem o embarque de duas peças de 32 kg cada: Aeroméxico, Air Canada, Air Europa, Air France, Alitalia, American Airlines, British Airways, Ethiopian, Iberia, KLM, Qatar, Swiss e Turkish.

Janela, Avião, Companhia Aérea, Viagens

Aerolineas Argentinas – Em voos do Brasil para a América do Sul, a franquia é de uma de 23 kg na classe Economy e de 30 kg na classe Club Economy. Para viagens para e do Brasil  até a  Espanha,Italia, EUA, Mexico e Republica Dominicana- duas malas de 32 kg.

Aeromexico -Nas rotas Brasil-México e Brasil-Estados Unidos, a franquia permanece a de duas peças de 32 kg gratuitas para a classe econômica. Passageiros da classe Premier têm direito a três peças de 32 kg.

Air Canada -Mantém a franquia de duas peças de 32 kg gratuitas para todos os voos com saída e destino no Brasil.

Air China -Nos voos envolvendo o Brasil, a franquia permanece a de duas peças de 32 kg na primeira classe e classe executiva, e de uma peça de 23 kg para a classe econômica.

Air Europa -Mantém a franquia de duas peças de 32 kg para a classe Turística e de três peças de 32 kg para a classe business.

Air France -Mantém a franquia de duas peças de 32 kg para viagens de ida e volta cujo primeiro voo parte do Brasil.

Alitalia -Mantém a franquia de duas peças de 32 kg em voos saindo do Brasil. Já em voos com destino ao Brasil, a franquia é de duas peças de 23 kg.

America Airlines – Mantém a franquia de duas peças de 32 kg para voos envolvendo o Brasil.

Avianca – Para voos entre EUA e America do Sul, a franquia é de uma peça de 23 kg na classe econômica e três peças de 23 km na classe executiva. Nos voos entre países da América do Sul, a franquia é de uma peça de 23 kg.

Bagagem, Antiguidade, Gato

BOA Boliviana de Aviacion -Em voos do Brasil à Argentina e à Bolívia, permite o despacho de uma peça de 30 kg e bagagem de mão de 7 kg. Do Brasil até Miami e Madrid, a franquia para despacho é de duas peças de 23 kg, com bagagem de mão de no máximo 10 kg.

British Airways -Mantém a franquia de duas peças de 32 kg em voos envolvendo o Brasil, incluídos na passagem.

Condor – Para viagens que começam no Brasil, a franquia e de 2 malas de 32 kg para todas as classes.

Copa Airlines – Nos voos para a América Central e a América do Sul, a franquia é de duas peças com peso máximo combinado de 32 kg – exceto Venezuela, para onde se pode levar no máximo duas peças de peso combinado de 23 kg. Para voos até Canadá, México e EUA, a franquia é de duas bagagens de no máximo 32 kg cada.

Delta – A franquia inclui na passagem econômica duas peças de 23 kg cada. Na primeira classe, são duas peças de 32 kg cada.

Aeroporto, Passageiro, Infra-Estrutura

Edelweiss -Para viagens começando no Brasil, a franquia geral é de duas peças de 32 kg. Para viagens começando na Suiça e com destino ao Brasil, são duas peças de 23 kg na classe econômica e duas peças de 32 kg na classe executiva (business).

Emirates -Em voos com saída do Brasil, a franquia é de dois itens de bagagem de até 23 kg na classe econômica e dois itens de até 32 kg na primeira classe e na classe executiva. Como essa mudança foi feita recentemente, se você comprou um bilhete antes de 1º de agosto, tem direito a duas peças de 32 kg, em qualquer classe.

Ethiopian -Mantém a franquia de duas peças de 32 kg para os brasileiros.

Iberia –  Na classe econômica, a franquia  de duas peças de 32 kg para despacho e na classe executiva, são três peças de 32 kg.

KLM -Para voos do Brasil, a franquia gratuita é ainda de duas peças de 32 kg.

Lufthansa – Uma bagagem de 23 kg na classe econômica.

Meridiana – A companhia permite aos brasileiros a franquia gratuita de duas peças de 23 kg.

Qatar -A franquia permanece a de duas peças de 32 kg.

Terrier Escocês, Cama Mala, Black

Royal Air Maroc -Tem franquia de duas peças de 32 kg nas classes econômica e premium, para passageiros brasileiros.

Surinam – Para o voo entre Belém e Paramaribo, inclui-se a franquia de uma peça de 30 kg. Já em voos começando no Brasil com destino à Europa, Oriente Médio   e EUA, vale a franquia de duas peças de 32 kg.

Swiss – Mantém a franquia gratuita de duas peças de 32 kg.

Taag – Para a classe econômica, a franquia é de duas peças de 23 kg. Já para a classe executiva e primeira classe, permite-se o despacho de duas peças de 32 kg.

TACV -Nos voos do Brasil para a Europa e Cabo Verde, a franquia incluída é de duas peças de 23 kg cada, e para Dakar e Bissau, o máximo é de uma peça de 32 kg.

TAP – Uma nova classe tarifária foi criada, a Discount, que só dá direito a uma bagagem de mão de no máximo 10 kg. Nessa categoria, o passageiro pagará US$ 45 para despachar uma mala se adquirir o serviço com antecedência superior a 36 horas. Pagará US$ 80 se o fizer com menos de 36 horas do embarque. Se deixar para comprar o serviço no check-in, vai pagar U$S 175 pelo primeiro item despachado.

A franquia para as outras tarifas da classe econômica (Basic, Classic e Plus) também mudou: a Basic dá direito a uma peça de bagagem de até 23kg; a Classic dá direito a duas peças de até 23kg e a Plus, que permite até 3 peças de até 23kg cada.

Turkish -Os voos operados no Brasil (para a Turquia e para a Argentina) permitem franquia gratuita de bagagem de duas peças de 32 kg cada.

United – Para passagens compradas a partir do dia 13 de julho, inclui-se a franquia de duas peças de até 23 kg na classe econômica. Para as demais tarifas, inclui-se duas peças de até 32 kg.

Fonte- Viagem e Turismo

Publicado por: lobusdaestepe | agosto 31, 2017

Tailândia – Bangkok

Por misturar texto com imagens, um infográfico estimula os dois lados do cérebro (direito, responsável por entender e interpretar figuras, e o esquerdo, voltado ao raciocínio lógico e à escrita).

Essa combinação torna a leitura muito mais fácil do que a compreensão dos elementos isolados.

A Tailândia,  um pais lindo e barato!  Conheci Bangkok, Laem Chabang onde partiu e chegou o navio Aida Cruises e Pattaya. Pensei em ir ate Chiang Mai, a antiga capital, mas esta fica para a próxima viagem, pois embora a passagem aérea seja um pouco cara, todo o restante e muito barato.

mapa tailândia - Preciso Viajar

Abaixo um mapa turístico do centro de Bangkok com as principais atrações .

Map of Bangkok by Vicky Yang                                                                                                                                                                                 More

Tailândia, alem  do excelente custo-beneficio, tem vários ponto positivos-

  • Gastronomia saborosa( se não gostar de pimenta peça para não colocarem)
  • Praias paradisíacas
  • Massagens inesquecíveis
  • Misticismo
  • Não necessita visto
  • Simpatia  e gentileza

Thailand is ideal to suit your individual requirements

Publicado por: lobusdaestepe | agosto 30, 2017

Thai – Frases Uteis

Fun and easy Thai Phrases

Publicado por: lobusdaestepe | agosto 29, 2017

Thai- Frases uteis para a Tailandia

Basic Thai Language! These are the only 12 words and phrases you need to survive Bangkok! #bangkok #thailand #infographic

Salvar

 

Publicado por: lobusdaestepe | agosto 16, 2017

A roupa de viagem perfeita

Coisas que você nunca deve usar em um avião

Ao planejar seu guarda-roupa de férias, concentre-se em se vestir em camadas.

Como você nunca sabe como será o clima no seu destino, é melhor planejar um pouco de tudo.

Resultado de imagem para como vestiam passageiro de aviao anos 60

Então, o que você pode usar em um avião? Homens em ternos e senhoras de chapéus e luvas brancas pareciam tão chiques antigamente em seus espaçosos assentos de avião, porém hoje  este tipo de roupa é extremamente desconfortável .

Faça do seu estilo um conforto-elegante.

 

Resultado de imagem para viagens de aviao antigas

A minha roupa de viagem ideal é uma calça confortável que não me aperte em nenhum lugar, uma camiseta ou camisa mais longa, um casaco, sapatos ultra confortáveis ​​(um tênis discreto ou sapatilha) e um lenço enrolado em meu pescoço.

Cada pessoa deve encontrar seu próprio estilo, mas tem umas regrinhas que devem ser lembradas.

Resultado de imagem para aviao poltronas apertadas

Lembre-se que você provavelmente estará sentado em um espaço apertado por um longo período de tempo, na classe econômica,então planeje com antecedência e não se esqueça dos banheiros do avião.

Resultado de imagem para banheiro de aviai

Certifique-se de evitar qualquer roupa que seja muito complicada para tirar naqueles minúsculos locais.

 

Resultado de imagem para roupa macacao viagem

  • Os macacões são difíceis de tirar.
  • Evite saias ou vestidos curtos, pois não conseguira se mexer tranquilamente.
  • Usar camadas significa que você pode se adaptar a qualquer que seja a temperatura no voo naquele dia e durante todo o voo. Os aviões tendem a ser um pouco frio, mas você nunca pode saber com certeza, por isso vestir em  camadas é importante .
  • Shorts e uma camisa sem mangas com sandálias podem parecer perfeitas e confortáveis, ​​até o interior do avião se tornar um clima de outono ou de inverno.
  • Leve um suéter e meias, se tiver frio.

Resultado de imagem para roupa  viagem vestido longo jaqueta jeans

  • Os vestidos longos são ótimos quando viaja para um local quente, com uma jaqueta jeans, para o ar condicionado do interior do avião e aeroportos.

Resultado de imagem para jaqueta metais

  • Fique longe de qualquer roupa ou sapatos que sejam muito exigentes, com muitos zíperes, botões, fivelas, pois além de apitarem quando passar pela alfandega, lembre-se que terá que tira-los e coloca-los, as vezes mais de uma vez.
  • Não se esqueça dos acessórios também. Muitas bijuterias e relógios representam mais problemas na hora do embarque.

Resultado de imagem para cachecol

  • Um cachecol, xale ou lenço  é ótimo para mantê-la aquecida no voo. E também são úteis quando você precisa dormir, pode utilizar como máscara para os olhos!
  • Algodões e sedas são seu amigo em um voo. Eles são macios, confortáveis ​​e respiráveis.

 

Resultado de imagem para aviao turbulencia

  • Não use sua roupa favorita. O avião está cheio de oportunidades para arruinar sua roupa. As bebidas derramadas, as crianças pequenas e a turbulência do banheiro ameaçam destruir o seu visual perfeito.É muito fácil derramar ou ser derramado quando há turbulência e companheiros de assento desastrados. Se você estiver usando algo caro, ou difícil de substituir ou limpar, qualquer descuido vai ser decepcionante.

 

Resultado de imagem para chinelo de dedo havaianas

Sandálias de dedo

  • Os aviões, às vezes, também   podem ficar muito quentes, e isso significa transpirar. E será embaraçoso sentir o cheiro do seu pé num vôo de cinco ou seis horas, sem falar que a limpeza do  chão dos banheiros em voo longos deixam muito a desejar.

Resultado de imagem para botas de salto

Sapatos desconfortáveis

  • É de conhecimento comum que seus pés incham em um avião. Evite os sapatos ou botas que tendem a apertar, porque a pressão da cabine só vai piorar.

Resultado de imagem para tecidos que dao coceira

Tecidos que dão coceira

  •  Evite qualquer tecido de roupa que arranhe ou coce, porque começará a incomodá-lo no vôo. Além disso, quando você está em um assento apertado ,que, esses tecidos tornam-se ainda mais irritantes.
  • Blusas metálicas Não usar isso é mais sobre o aborrecimento que você terá com a segurança, porque você será  parado antes mesmo de chegar ao seu portão.

 

Resultado de imagem para perfumes fortes

Perfume pesado

  • Seja um bom vizinho, porque você nunca sabe quais tipos de alergias as pessoas têm ao seu redor.

Resultado de imagem para roupas desleixadas

Quando você viaja, você precisa estar confortável, então as roupas bem largas ou de grandes dimensões parecem uma boa escolha. No entanto, também pode fazer você parecer um pouco suspeito. A roupa muito grande pode  causar problemas pois poderão  achar que você está escondendo algo .

Lembre-se ainda que confortável não quer dizer relaxado. Você está em um   local público e se for um voo internacional, terá que estar apresentável para passar pela imigração.

 

 

 

 

 

Publicado por: lobusdaestepe | julho 23, 2017

O que fazer em Bangkok

A Tailândia é um país muito barato!

Moeda local

Resultado de imagem para Baht moeda

A moeda oficial da Tailândia é o baht. Um baht é dividido em 100 satang.

As cédulas tem valores de 10, 20, 50, 100, 500 e 1.000 baht, e as moedas são de 1, 5 e 10 baht. As moedas de cobre têm valores de 25 e 50 satang.

As moedas de prata valem 1, 5 e 10 bath.

10 Bath vale aproximadamente 0,95 centavos de real.

Lugares para visitar-

DSC_0004 (1).JPG

  • Grand Palace & Wat Phra Kaew: O palácio Real de Bangkok é realmente espetacular, de cair o queixo de tão lindo. Prepare-se para ficar babando pelos ornamentos dourados, pelo colorido, pela delicadeza da arquitetura e pelos singelos budas .

DSC_0057 (1).JPG

  • Wat Pho: ver o incrível Buda dourado deitado, explorar os pavilhões do templo e fazer um massagem na escola mais tradicional da Tailândia.
  • Wat Arun: Se impressionar com a delicadeza e a quantidade de detalhes da torre principal.  Resultado de imagem para tailandia wat arun 

Suas torres são lindas e, assim como as dos outros templos,  com muito detalhes.

O ideal seria visitar o Grand Palace e Wat Pho pela manhã quando o  calor e menor e depois pegar o barco atravessar o rio para Wat Arun, no fim da tarde para apreciar o pôr do sol no templo ou  em um bar às margens do rio Chao Praya.

  •  Depois, quando escurece suas luzes são acessas e todo mundo corre para mais uma sessão de fotos. Para ver esse espetáculo existem muitos bares às margens do rio e bem em frente ao templo. Um dos mais famosos é o The Deck, que também é um pouco caro e exige vestimenta adequada, ou seja, se você não tiver uma calça jeans, camisa polo ou vestidinho arrumadinho, não entra.
  • No Eat Sight Story Deck, próximo, deixam entrar de bermuda!

Como ir: para chegar no Wat Arun é só pegar um barco no pier Tha Tien, que fica pertinho do Wat Pho, e atravessar o rio. É rápido e  bem baratinho. Já para o bar,  pode ir a pé,  ele fica ao lado do Grand Palace .

  • Quanto custa: A entrada no Wat Arun é  em torno de 50 Bath.

Os bares  são mais caros comparado aos padrões tailandeses,por exemplo 1.060 Bath para o casal com duas cervejas, uma pizza e duas sobremesas (R$100)

Resultado de imagem para asiatique tailandia

  • Asiatique:  As margens do Rio Chao Phraya,  um barco leva os viajantes desde a parada do BTS – Saphan Taksin até lá de forma gratuita.  Tem bares, restaurantes, lojas, casa de cambio e parque de  diversões. Abre das 17:00 horas à meia-noite.Site: http://www.thaiasiatique.com/index.php/en 
  • Shopping Centers: Bangkok tem dezenas de shopping incríveis, um colado no outro.

    Siam Square

    Muito mais do que um shopping center, a Siam Square é uma região onde você respira compras. Aqui estão concentrados boutiques e grandes destinos de compras em Bangkok, entre eles o MBK Center, o Siam Discovery Center, o Siam Center e o Siam Paragon. Para chegar na região, é só pegar o BTS até a estação Siam.

  • MBK Center

    Um dos destinos mais famosos de compras entre os turistas.Variedade de produtos e preço bom. O MBK está mais para camelô do que shopping center. Na verdade, são diversas barracas  bem organizadas e lojas pequenas espalhadas por mais de 5 andares de shopping. Nos três primeiros andares você encontra roupas,  acessórios, lingeries e sapatos. O 4º andar é o paraíso para quem procura eletrônicos baratos. As lojas ali vendem telefone celular, laptops, computadores e outros acessórios, inclusive aparelhos usados. O 5º andar é reservado para venda de equipamentos de fotografia e olha, tem muita coisa por preço justo. No 6º andar fica uma enorme praça de alimentação, com todos os tipos de pratos que você pode imaginar. Pechinche sempre.

  • Khao San Road: A rua da bagunça e da balada. É aqui que os gringos vem para provar insetos (grilos, baratas e escorpiões)
  • Distrito Financeiro de Bangkok: Além de prédios imponentes, o distrito Siam tem um dos Red Light Districts mais famosos de Bangkok. A prostituição (masculina e feminina) é bem descarada.
  • Chinatown
  • Casa de Jim Thompson
  • Lumpini Park: um dos lugares mais agradáveis de Bangkok. Vá de manhã cedo e veja como os locais começam o dia.
  • Sky Bar (restaurante Sirocco) é o bar onde foi filmado “Se Beber não Case 2”, aquele  que fica no topo de um prédio e de onde dá pra ver a cidade toda! Ele é caro, mas pelo que ouvimos, merece ser visitado nem que seja só pra tomar uma cerveja
  •  Vertigo:  outro bar para tomar um drink curtindo excelentes vistas de Bangkok. Dizem que   o melhor bar  de  céu aberto em Bangkok é o Vertigo and Moon Bar!  Fica no 61º andar do Banyan Tree Hotel é um dos mais altos bares  de céu da cidade, e como o nome sugere provavelmente não é o lugar ideal para trazer alguém que não gosta de alturas! Mas, se você estiver ok com as alturas você terá   uma noite incrível para desfrutar as belas vistas sobre a cidade e do rio.
  • . Vertigo restaurante está em uma extremidade deste local na cobertura completamente aberto e the Moon Bar é na outra, ligados entre si através de uma ponte ao ar livre, este lugar é realmente tudo o que você poderia esperar de um sky bar em Bangkok! Vertigo fica a uns 10 minutos a pé da estação de Lumpini MRT.

 

 

 

 

 

Publicado por: lobusdaestepe | julho 14, 2017

Bangkok

Possui o maior nome de cidade do mundo.

DSC_0968

Bangkok é apenas uma abreviação de seu nome completo que conta com 152 letras!

DSC_0910.JPG

É hoje a capital e maior cidade do país, repleta de prédios, shoppings, restaurantes, bares e uma infra estrutura hoteleira excelente, para todos os gostos e bolsos..

A famosa rua Khao San Road, a rua dos mochileiros.

Imagem relacionada

Há um contraste bastante exótico com vendedores de rua comercializando roupas, tecidos, artesanatos, jóias e variados tipos de comida, desde o tradicional noodle até porções de ovos de codorna ou insetos fritos que valem, no mínimo, uma parada para foto.

DSC_0899

O rio Chao Phraya, coração da cidade, e estrada para os variados tipos de embarcação que navegam levando turistas e moradores.

DSC_0883

Bangkok é chamada por muitos de “a Veneza do Oriente”.

Táxis cor de rosa, tuk tuks e motos também são a cara da cidade, repleta de belos templos e imagens de Buda que representam seus ensinamentos.

DSC_0910

A bordo de um longtail – barco a motor, típicos desta região da Ásia – o passeio pelos Klongs (canais) mais estreitos de Bangkok e ou a bordo de uma barcaça – barco típico que fazia o transporte de arroz – para navegação nos canais maiores são passeios lindos e baratos.

DSC_0896

A visita ao mercado flutuante Damnoen Saduak (110 km em asfalto – aproximadamente 2h00) ,o mais famoso mercado flutuante da Tailândia, reflete o estilo antigo e tradicional de compra e venda de mercadorias de Bangkok, da época em que os canais eram ainda as principais vias de tráfego da cidade e região.

Resultado de imagem para damnoen saduak floating market

Os barcos que transitam pelos canais estreitos do mercado são carregados de produtos plantados nesta região agrícola do país. Alguns repletos de cocos verdes, outros de frutas exóticas, legumes etc. A variedade de itens é grande e há até os barcos transformados em “restaurantes flutuantes”, que preparam sopa de macarrão para os trabalhadores do mercado. Eles usam chapéu de palha tradicional e roupas azul-marinho, típicas dos agricultores tailandeses.

Resultado de imagem para damnoen saduak floating market

Fonte Indochina Voyages

O Mercado Maeklong Railway, atração única devido ao fato de que o trem literalmente atravessa o mercado. Iniciado em 1984, o mercado fica ao redor e sobre o trilho do trem. Todas as vezes que o trem passa, os comerciantes são obrigados (como de costume) a desmontar rapidamente suas bancas e logo em seguida são re-erguidas em menos de um minuto!

Resultado de imagem para maeklong market bangkok

Optamos por ficar mais tempo andando por Bangkok, admirando a arquitetura e sentindo seus aromas e nãos fizemos estes dois mercado ,pois perderíamos muito tempo de transporte até lá.

DSC_0988

 

Publicado por: lobusdaestepe | julho 12, 2017

Síndrome do Eterno Viajante

 

“A Síndrome do eterno viajante é a sensação de não estar cômodo em nenhum lugar porque você necessita estar em outros.

É a ansiedade que você sente ao pensar que nunca será feliz em um só lugar. É uma ‘doença’… que te salva a vida.”

Older Posts »

Categorias