Publicado por: lobusdaestepe | dezembro 30, 2009

2010 o ano em que faremos contato. Será?????

2010, embora conhecido como 2010: Odyssey Two e, em português,  2010: O ano em que faremos contato (br),

2010 – O ano do contacto (pt), é a sequência do filme 2001: Uma odisséia no espaço de Stanley Kubrick, filmada em 1984 e baseada na obra homônima de Arthur C. Clarke escrita em 1982.

Conforme a sinopse do filme ,um novo tempo, uma nova odisséia, uma nova chance para confrontar os enigmas surgidos na desafiante e perigosa missão Júpiter no ano de 2001.

Os membros da tripulação a bordo da Leonov estão no curso para encontrar com a Discovery, ainda em órbita. O que eles não sabem é que também estão à beira de descobrir as respostas para os mais profundos mistérios da humanidade. E que sua fé descansará nos ombros de silicone do computador que eles religaram, Hal-9000.
Neste impressionante e série baseado na obra de Arthur C. Clarke, seqüência da novela 2001: Uma Odisséia no Espaço, o diretor Peter Hyams (Capricórnio Um, Outland – Comando Titânio) usa toda sua habilidade num assunto interessante e absorvente para construir um marco, cativante no seu próprio estilo assim como foi seu predecessor.

O ano é 2010. Tempo para descobrir que não estamos sozinhos.

ABERTURA OFICIAL DA VIDA EXTRATERRESTRE É IMINENTE
( texto traduzido de: http://www.examiner.com/examiner/x-2…fe-is-imminent )
21 de outubro, 12:27 AM Honolulu – Exopolitics Examiner / Michael Salla, Ph.D. –

Um anúncio oficial da administração Obama revelando a realidade da vida extraterrestre é iminente.

Por vários meses, funcionários graduados da administração tem deliberado, às portas fechadas o quanto pode ser revelado para o mundo sobre a presença extraterrestre.

Insatisfação entre as instituições poderosas como a marinha americana que, por décadas, a política de segredo tem dado impulso para a abertura da realidade da vida e tecnologia extraterrestre.

A abertura iminente segue uma política de implementação secreta, de um ano de duração, da presença extraterrestre e dos OVNIS. Durante o período de 12 a 14 de fevereiro de 2008, as Nações Unidas sediou reuniões às portas fechadas com cerca de 30 nações, onde discutiu e chegou a um acordo secreto de uma nova política de revelação dos OVNIS e vida extraterrestre em 2009. A política de abertura foi implementada, mas nunca anunciada publicamente devido a conflitos com os diplomatas da UN para não divulgar detalhes do acordo secreto.

O acordo secreto das Nações Unidas foi baseado em duas condições: Primeiro, os OVNIS poderiam continuar a aparecer ao redor do mundo; e segundo, a política de abertura não poderia conduzir à perturbação social nas democracias liberais. Ambas condições tem que ser cumpridas tornando possível para o próximo estágio – a abertura oficial da presença extraterrestre.

No dia 24 de setembro de 2009, o presidente Obama presidiu a reunião do Conselho de Segurança que tratava da não proliferação e desarmamento das armas atômicas, sinalizando o seu papel de liderança em lidar com os problemas globais como as armas atômicas. O prêmio nobel da paz foi um passo importante para dar ao Presidente Obama a legitimação global para fazer o anúncio da abertura oficial.

No entanto, o Obama é levado a exercer um papel de destaque na governança global que será necessário depois do anúncio da abertura extraterrestre. O período, ao que aparenta, irá coincidir logo depois da aceitação do prêmio Nobel da paz no dia 10 de dezembro, na Noruega.

Existem várias fontes de que as deliberações reveladas estão a caminho para fazer um anúncio a respeito da existência da presença e da vida extraterrestre no fim do ano de 2009. Isso inclui o Dr. Pete Peterson, um informante que recentemente surgiu revelando que discussões de alto nível estavam em andamento sobre o anúncio da existência da vida extraterrestre. Na entrevista para o Projeto Camelot, Dr. Peterson revelou que o “Obama está planejando revelar a realidade do contato extraterrestre para o fim do ano, e no mais, e não tudo, e que as visitas dos extraterrestres são pacíficas.”

Outra fonte é David Wilcock, um proeminente pesquisador dos paradigmas científicos emergentes. Wilcock tem sido citado por outras fontes independentes que a revelação extraterrestre se dará no fim de 2009. Ele também alega em uma entrevista a rádio Coast to Coast AM que um programa especial internacional de 2 horas já foi agendado para apresentar uma espécie alienígena, similar aos humanos, para o mundo.”

Além do mais, o famoso pesquisador espacial da NASA, Richard Hoagland, revelou publicamente que no dia 9 de outubro, a missão ‘bombardeio’ LCROSS da Lua, descobriu uma antiga base no Pólo Sul da lua. Revisando os dados científicos arquivados pela missão LCROSS da NASA, Hoagland concluiu, também relatado na entrevista à radio Coast to Coast AM, que “a missão LCROSS é parte de uma campanha cuidadosamente construído para preparar a população para a abertura iminente. O presidente dos Estados Unidos irá em breve anunciar que os cientistas descobriram ruínas na lua, informa ele. Ninguém viu as sombras dos destroços da LCROSS porque as sondas atingiu uma edificação que amorteceu os impactos da explosão.”

Finalmente, duas fontes confidenciais e independentes revelaram para mim que as reuniões ocorreram recentemente entre os oficiais militares dos Estados Unidos com um ou mais grupos de visitantes extraterrestres. Isso foi deixado por um ser assunto de confiança para a futura cooperação com os extraterrestres, e que será anunciado formalmente para o mundo entre o fim do ano de 2009 ou início de 2010.

Em conclusão, várias fontes e eventos apontam para alguma forma de abertura extraterrestre feito até o fim de 2009, ou no início de 2010. A abertura oficial muito provavelmente irá surgir em um dos cenários. Um é o presidente Obama, que irá anunciar a existência dos visitantes extraterrestres, e descreve um ou mais deles no planeta. Este cenário é apoiado por Peterson, Wilcock, e pelas minhas fontes confidenciais. O segundo cenário é o anúncio será feito junto à descoberta de estruturas artificiais no Pólo Sul da Lua, revelada pela missão LCROSS. Este cenário é apoiado por Hoagland.

Não importando qual cenário será usado para anunciar a existência da vida e presença extraterrestres ou tecnologia, o Presidente Obama será a figura principal. Por detrás das cenas, instituições poderosas estão assegurando que nada impeça o anúncio da abertura planejada. A abertura irá seguir por um ano de uma grande abertura ufológica por parte do governo, seguindo a política secreta desenvolvida pelas Nações Unidas.

Se a revelação ufológica ocorrer no fim de 2009 ou no início de 2010, o presidente Obama irá liderar um esforço sem precedentes para promover a governança global através das Nações Unidas. A administração Obama e seus apoiadores serão levados a dar um passo para ajudar o nosso planeta se tornar uma cultura interplanetária que lida abertamente com os desafios colocados pela vida extraterrestre.

O texto abaixo é  do  site Estadao.com.br, quarta-feira, 11 de novembro de 2009, 15:15 | Online

Vaticano conclui seminário sobre vida extraterrestre

Jesuíta diz que a possibilidade de vida alienígena levanta “muitas implicações filosóficas e teológicas”

Associated Press

VATICANO -” Quatrocentos anos depois de encarcerar Galileu por desafiar a ideia de que a Terra era o centro do Universo, o Vaticano convocou especialistas para discutir a possibilidade de vida extraterrestre e suas implicações para a Igreja Católica.

“As questões da origem da vida e de se vida existe em outras partes do universo são muito adequadas e merecem consideração séria”, disse o padre José Gabriel Funes, astrônomo e diretor do Observatório do Vaticano.

Funes, um jesuíta, apresentou na terça-feira, 10, os resultados dos cinco dias da conferência, que reuniu astrônomos, físicos, biólogos e outros especialistas para discutir o campo florescente da astrobiologia – o estudo da origem da vida e de sua presença no cosmo.

Funes disse que a possibilidade de vida alienígena levanta “muitas implicações filosóficas e teológicas”, mas acrescentou que a reunião teve como foco principal a perspectiva científica e como diferentes disciplinas podem ser usadas para explorar o problema.

O astrônomo americano Chris Impey disse que é apropriado o Vaticano patrocinar esse tipo de encontro.

“Tanto a ciência quanto a religião apresentam a vida como um resultado especial em um universo vasto e amplamente hostil”, disse ele. “Existe um rico campo médio de diálogo entre os praticantes da astrobiologia e as pessoas que buscam compreender o significado da existência num universo biológico”.

Trinta cientistas, incluindo não-católicos, dos EUA, França, Reino Unido, Suíça, Itália e Chile tomaram parte na conferência, convocada para explorar, entre outras questões, “se formas de vida sensciente existem em outros mundos”.
Funes abriu caminho para a conferência no ano passado, quando discutiu a possibilidade de vida alienígena em uma entrevista publicada com destaque no jornal do Vaticano.

O ponto de vista da Igreja romana mudou radicalmente nos séculos que transcorreram desde que o filósofo Giordano Bruno foi queimado na estaca como herege e, 1600 por especular, entre outras coisas, que outros mundos poderiam ser habitados.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: