Publicado por: lobusdaestepe | janeiro 3, 2010

Patagônia Argentina

Patagônia abrange toda a porção meridional da América do Sul, do paralelo 42 até a Terra do Fogo.

Uma parte dela fica na Argentina; a parte oeste da Patagônia pertence ao Chile.

Pouco habitada e de clima ultra-seco (exceção feita à área montanhosa dos Andes na qual há umidade significativa, geralmente precipitada em forma de neve), a Patagônia evoca a idéia de paisagens desoladas, um mundo desconhecido, um deserto perdido na imensidão do extremo sul do continente.

De fato, a Patagônia Central tem vastas áreas planas, de estepe, que correspondem exatamente a esse clichê, onde só costumam se aventurar, de carro ou moto, viajantes que não fazem questão de qualquer infra-estrutura turística.

Na Patagônia Atlântica, o principal atrativo é a fauna marinha.

Na costa da Patagônia, (Peninsula Valdes, Punta Tombo) você pode ver lobos e leões marinhos, pingüins, baleias, orcas, golfinhos, focas e muitos outros animais.

Puerto Madryn durante o verão,  faz bastante calor, mas a água do mar é fria.

O mar ali tem outra qualidade: é excepcionalmente bom para mergulho (em castelhano, buceo).

Península Valdez- Os ônibus de linha partem de Puerto Madryn vão apenas até Puerto Piramides.

A península descoberta em 1520 por Fernão de Magalhães é um verdadeiro ponto de encontro de focas, elefantes marinhos, pingüins, baleias, orcas e outros animais nativos da costa da Patagônia.

Na Península temos Puerto Pirâmide(vila), Punta Delgada, Punta Norte e Caleta Valdez, além da Isla de los Pajaros que apenas cientistas podem ir.

Em Puerto Pirâmide também é possível praticar esportes aquáticos, como mergulho e pesca, e a partir dali conhecer a Reserva de Punta Pirâmide, uma colônia de leões-marinhos localizada a apenas 5 Km do vilarejo. Apesar de não ser tão grande como outras colônias existentes na península, esta é a única possível de ser visitada sem carro ou excursão.

Punta Delgada – Fica a 70 km de Puerto Pirâmides, em estrada de terra bem conservada,  e  tem uma das mais belas vista panorâmica que vi na minha vida.

Uma elefanteria, assim chamadas as praias onde os elefantes marinhos se acasalam e criam os seus filhotes.

Os adultos começam a chegar na região em outubro ficando até março.

Nestas épocas as praias ficam lotadas com milhares de elefantes e o acesso é proibido.

Na praia alguns lobos marinhos fazem uma algazarra entrando e saindo da água, mas a maioria ficam deitados, imóveis.

Caleta Valdez – Na costa leste da península fica  um acidente geográfico formando uma pequena península com uma espécie de lago – na verdade é o próprio mar -, e que abriga uma grande colônia de leões marinhos.

Com sorte, você também pode chegar a ver orcas na área da Caleta.

Seguindo 2 Km em direção ao norte, no caminho para Punta Norte, de outubro a março forma-se uma pequena colônia de pingüins.

A parada ali, porém, impressiona apenas quem ainda não tenha ido à reserva de Punta Tombo, infinitamente maior, mas mesmo assim

vale a pena .

Punta Norte existe uma grande colônia de leões e elefantes-marinhos.

Ali, entre outubro e abril, mais comum ainda neste último mês, e em março, quando a maré está mais alta, é possível avistar orcas atrás de seu almoço( os leões-marinhos). Em um pequeno museu, tem várias fotos , ainda bem que não vimos, sabemos que é a natureza, mas…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: