Publicado por: lobusdaestepe | fevereiro 7, 2011

Comidas Bizarras pelo mundo

Como já foi escrito, adoro comida de rua, rápida, saborosas e economizam nosso tempo em viagens quando temos pressa.

Meu paladar se assemelha a de uma criança de 06 anos, adoro batata frita, sorvete, chocolates, pizza e sanduiches.

Como saladas e frutas mais como obrigação do que como prazer.

Legumes e frutas são raros o que eu já experimentei.

A maturidade do meu paladar só se deu no ramo dos queijos.

Amo   todos os tipos; acho melhor  dizer, quase todos, pois quando fiquei sabendo do  cazu marzu não tive nenhuma vontade de experimentar.

Casu marzu (também denominado casu modde, casu cundhídu, ou em italiano formaggio marcio) é um tradicional queijo sardo feito com leite de ovelha, cuja fama vem do emprego de larvas vivas de mosca em sua maturação.

Embora posto na ilegalidade por razões de ordem sanitária, é encontrado no mercado negro da Sardenha, região italiana na qual é produzido.

Casu marzu significa literalmente “queijo podre” em sardo e é conhecido popularmente como queijo de verme.

O casu marzu é considerado tóxico quando as larvas no queijo morrem.

Por causa disso, somente os queijos com larvas ainda vivas são consumidos.

Quando o queijo fermentou o bastante, é cortado em finas fatias e espalhado no pão sardo umedecido (“pane carasau”), para ser servido com um vinho tinto forte.

Os moradores da região acreditam que o casu marzu seja afrodisíaco.(fonte; wikipédia)

Ele está proibido porque além do sabor  forte o suficiente para queimar a língua, as larvas se passarem pelo estômago sem serem digeridas, e sobreviverem por tempo suficiente para se reproduzir no intestino, elas podem  tentar furar as paredes, causando vômitos e diarréia sanguinolenta.

Em função da possibilidade de as larvas se lançarem até 15cm quando perturbadas, os consumidores põem suas mão em cima do lanche para impedir que as larvas atinjam seus rostos ou seus olhos!!!.

Aqueles que não querem comer larvas vivas colocam o queijo num saco.

As larvas, sem oxigênio, pulam muito e produzem um som característico. Quando o som diminui, as larvas estão mortas e o queijo pode ser comido.

Há tempos, em uma matéria do programa Fantástico, pediram para chineses do interior e italianos da região de Sardenha trocarem a iguaria mais apreciada em suas cidades.

Os chineses lhes deram ovos imperiais.

Esse ovo fica enterrado cerca de um ano e só apreciado em dias festivos.

Sua clara fica com um tom marrom escuro meio transparente e a gema fica preta.

Já os italianos lhes deram um Cazu Marzu.

Ninguém conseguiu comer a iguaria da outra família.


México

Escamoles são os ovos da formiga Liometopum negro gigante, que faz sua casa nas plantas de agaves.

Coletar os ovos é uma tarefa desagradável, uma vez que as formigas são altamente venenosas .

Os ovos têm a consistência de queijo cottage.

A forma mais popular de comê-los é em um taco com guacamole, isso se for um  louco!!!

Espere, isso fica ainda pior …
Escamoles têm um sabor agradável, amanteigado e  com um toque  de nozes.

Por isso tome cuidado quando for ao México, são  enormes as chances de que, enquanto no México, você pode comê-los sem perceber que você está comendo um taco cheio de ovos de formiga.

Noruega


Ahhh, Lutefisk.

Após o queijo-larvas montado, é um alívio abençoado por uma amostra limpa, receita-a-terra escandinava.

Um pouco muito limpo.

Lutefisk é um prato tradicional bacalhau norueguês com que foi mergulhado por vários dias em uma solução de soda cáustica, até que sua carne fique cáustica o suficiente para dissolver talheres de prata.

O contato com soda cáustica pode causar queimaduras químicas, cicatrizes permanentes ou cegueira.

Gosto muito de bacalhau, mas este…
Coreia
Baby vinho ratos é um “tônico da saúde”, do chinês tradicional e coreano que, aparentemente, tem gosto de gasolina.

Ratinhos com os olhos ainda fechados, são arrancadas do abraço amoroso de suas mães e recheadas (ainda vivo) dentro de uma garrafa de vinho de arroz.

Eles são deixados a fermentar, enquanto seus pais esfregam as patas do rato minúsculo em desespero, as lágrimas caídas, infelizmente, das pontas dos seus bigodes.

É tão horrível que nem foto vou postar.

Iraque

É cabeça de carneiro. Fervida.!!

Fotos: cracked.com

Filipinas

Balut são os ovos de pato que foram incubados até o feto e fervido vivo.

Os ossos dão os ovos uma textura crocante única.
São apreciados no Camboja, Filipinas .

Eles são tipicamente vendidos por camelôs à noite, em baldes de areia quente.

Diante dissso, tomem cuidado com o que forem comer .:)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: