Publicado por: lobusdaestepe | novembro 16, 2014

Como se locomover em San Francisco

 

sãofrancisco5
Sabíamos que o transporte público funciona bem lá, por isso deixamos para alugar o carro quando fossemos para Yosemite, ainda mais porque o nosso hotel (Park Hotel)não tinha estacionamento.

Se estiver com carro, veja este site www.bestparking.com.

Neste site, você coloca o destino, bairro ou ponto turístico, ou mesmo o hotel.

Ele apresenta a opção mais barata onde estacionar.

A segunda dica é procurar ruas ao redor dos pontos turísticos.  Duas a três quadras e você acha vaga, as vezes em áreas de estacionamento livre.

Atenção: Obedeça rigorosamente as regras.   Se é 15 minutos parking, acredite, você pode ser multado no minuto 16.

bussanfco

Ônibus: Não andamos de ônibus, mas lá eles são pontuais.

Como já escrevi no outro post, o preço da passagem é US$2,00/pessoa.

Lembre-se sempre de andar com dinheiro trocado pois as máquinas dos ônibus não dão troco, mesmo. E se você colocar uma nota de $10 nem adianta discutir com o motorista, ele não poderá fazer nada.

bmuni-traffic-2

SF CityPass. Esse passe inclui diversas atrações e transporte público municipal (Muni), com exceção do metrô (Bart). Faça a conta. Não o utilizamos, mas dizem que mesmo que você não visite todas as atrações inclusas, o CityPass compensa.

 

fonte: sftodo.com

fonte: sftodo.com

Cable car  é um passeio clássico em San Francisco.

Começa perto da Union Square, na Market Street e termina na região do píer- Fisherman’s Wharf.

São duas linhas que operam nesse trecho: A Powell-Mason e a Powell-Hyde (que passa pela Lombard St).

Pode pegar o bondinho em várias paradas, se houver lugar.

bcc_routes

O interessante de pegar o bonde na Market St. é ver o cable car turn around, que é o ponto onde os bondinhos invertem o sentido.

O procedimento é bem original, porque o bonde gira em um disco de madeira antigo, empurrado pelos funcionários.

O Ticket é comprado na esquina, em um quiosque que fica meio escondido.

A fila é enorme para embarcar no cable car e como há turistas de várias nacionalidades, ás vezes eles cortam a nossa frente, como aconteceu comigo. Preste atenção na placa do bondinho, apenas a linha Powell-Hyde é que passa pela Lombard St.

 

Há bondes para Castro, o bairro onde o movimento gay ganhou força e notoriedade.

A principal rua é a Castro St., onde se situa casa onde morou Harvey Milk ,símbolo e principal ativista do movimento gay ( do filme Milk com Sean Penn) e o Castro Theatre.

O bairro é descontraído, cheio de lojas legais e decorado com as bandeirinhas do movimento gay.

Leve um casaco que dê pra tirar mais tarde e carregar sem ficar atrapalhando o dia todo( capas contra vento são ideais). Fomos em outubro e apesar do sol lindo, ventava muito.

SFmap_CS3

No site http://www.buysanfranciscotours.com, tem as opções para os ônibus turísticos.

O  ticket  do bus turístico para dois dias está em torno em $50.

buscity_sightseeing_route_map_san_francisco

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: