Publicado por: lobusdaestepe | janeiro 25, 2015

Como não cair em roubada em pacotes de viagem , turismo e hotelaria

Dicionário de termos utilizados em Turismo e Hotelaria

fonte: trajetoriadavida.com

fonte: trajetoriadavida.com

A maioria dos termos utilizados nos pacotes de viagem são  desconhecidos para quem não trabalha com turismo.

Para não cairmos em roubadas, abaixo  os termos mais  usados:-

All Inclusive:

– Bebidas, refeições (café da manhã, almoço, jantar e refeições intermediárias) e entretenimento, inclusos na diária.

All Suites:
– Hotel que só tem suítes (ou seja, quartos em que há sempre uma sala anexa).

Baby sitter, ing: babá

Backpacker, ing: viajante mochileiro

Baita, reg, port: grande

Ball Room:- Salão de baile, festas, eventos,

Barbada, gir, port: uma boa dica

Bell Boy:
– Mensageiro de hotel.

Bike, ing: bicicleta

Bikestorage, ing: local para guardar bicicletas

Boiada, gir, port: barbada

Block Off:
– Bloqueio de determinado número de assentos, em vôos regulares, para uso exclusivo.

Bloqueio/Allotment:
– Número de assentos, em Cia Aérea, ou apartamentos, em hotéis, reservados para utilização por parte da operadora, desde que reportados dentro de um prazo determinado antecipadamente, de comum acordo entre estas empresas.

By Night:
– É o passeio noturno, que geralmente inclui ingresso a casas de shows ou visita a pontos turísticos.

B&B,  Bed and Breakfast, pensão; acomodação tipicamente inglesa, mais simples e caseira que um hotel, oferecendo serviços básicos de cama (bed) e café da manhã (breakfast)

Budget, ing: orçamento limitado

Bug, ing: inseto, pulga

Bus, ing/ale: ônibus

Café colonial, reg, port: fartura de pães, doces e salgados típicos das colônias alemãs e italianas do Rio Grande do Sul

Carry On:
– Bagagem de mão permitida a bordo de aviões, com peso máximo de cinco quilos por passageiro. A soma do comprimento, altura e largura têm limite de 115 centímetros.

City Tour/Sightseeing:
– Passeio turístico por uma cidade, geralmente a bordo de ônibus/micro-ônibus, com guia local.

Code-Sharing:
– É o vôo compartilhado, entre duas ou mais companhias aéreas. Pelo acordo, passageiros que adquiriram passagem aérea de uma determinada empresa, podem embarcar no vôo de outra. Uma Companhia cede assentos para a outra conveniada acomodar seus passageiros.

Collect Call:
– Ligações telefônicas a cobrar no local de destino. Existe um serviço da Embratel chamado Brasil Direto, com atendimento em português.

Conciergerie:
– No hotel, a conciergerie, normalmente está localizada ao lado da recepção e presta serviços de informações sobre assuntos diversos (passeios, gastronomia, transporte, etc), que não se refiram à hospedagem

Cleaner, ing: faxineiro(a), limpador(a)

Chambermaid, ing: arrumadeira, camareida

Charter (vôo charter), ing: vôo fretado

Chatêau, fra: castelo

Check-in, ing: registrar-se (num hotel ou albergue); apresentar-se (à companhia aérea no aeroporto)

Chiesa, ita: igreja

CI, abr, port: Central de Informações

Couchette, fra: cama de um trem

Curfew, ing: toque de recolher; hora em que o albergue fecha à noite

Day trip, ing: viagens de um dia

Data Porta:
– Instalação oferecida nos apartamentos dos hotéis com entrada para laptop.

Day Use:
– Utilização parcial de uma diária hoteleira. É muito utilizado em hotéis próximos a aeroportos para passageiros em trânsito (aguardando conexões entre vôos).

Dead Line/Prazo Final:
– Prazo para reconfirmação e/ou pagamento de serviços contratados.

Délicatesses, fra: pequenas lojas com delícias gastronômicas

Depósito, port: caução; dinheiro que se deixa como garantia

Diária, port: preço cobrado por dia (ou pernoite) nas hospedagens

Dorm, abr, ing: dormitório; quarto com várias camas ou beliches

Doubles, ing: quarto duplo, com uma cama de casal ou duas de solteiro

Early Check-in:
– Entrada de hóspede ao hotel em horário anterior ao regular, 12h (é o de praxe, mas existem exceções). É uma tolerância que pode ou não ser concedida, quando há disponibilidade, sem cobrança de ônus ao hóspede.

Fap/Pensão Completa/Full-Board:
– Diária de hotel que inclui três refeições (café da manhã, almoço e jantar – normalmente sem bebidas).

Fitness Center/Health Club:
– Na hotelaria, é um complexo que pode agrupar vários serviços: sala de ginástica, sauna, massagem, piscina, salão de beleza.

Forfait:
– É o serviço que chamamos em nosso site de “viagem sob medida”, um roteiro de viagem feito para atender a necessidade específica do passageiro. O sinônimo é “taylor made” ou feito sob medida.

Fretamento/Charter:
– Vôo realizado em uma aeronave fretada, com tarifas mais econômicas que as praticadas no mercado e com regras pré-estabelecidas quanto à duração, data de saída/regresso e destino, entre outras.

Full Fare:
– Tarifa publicada, sem descontos. Na hotelaria, é a “balcão” (aquela afixada na recepção). Na Cia. Aérea, é a tarifa “cheia”.

Feito o carreto, reg, port: “e não se fala mais nisso”

Festiar, gir, port: fazer festa

Fjord, nor: fiorde, paisagem típica da Noruega, golfo estreito e profundo entre montanhas

Full time, ing: período integral

Funicular, port: veículo que sobe montanhas, normalmente puxado por cabos de aço

Gare, fra: estação de trem

Gym: – Ginásio, ou workout room, academia

Hauptbahnhof, ale: estação de trem

Hiking, ing: andar; marchar

Homeless, ing: sem moradia; que vive na rua

Hostel, ing: albergue (da juventude)

Hosteling, ing: sistema de albergues

Hugo (chamar o Hugo), gir, port: passar mal, vomitar

Jet-Lag: – Desajuste do relógio biológico ocasionado pela troca de fuso horário.
Job, ing: trabalho

King Size Bed:
– Cama de casal do tamanho de três camas de solteiro. O padrão americano é 2m por 2m.

Kitchenette, ing/port: pequeno apartamento de sala e cozinha

Laundry, ing: lavanderia

Late Check-out:
– Saída do hóspede do apartamento após o horário padrão, 12h (é o de praxe, mas existem excessões). É uma tolerância que pode ou não ser concedida, quando há disponibilidade, sem cobrança de ônus ao hóspede.

Lift:
– Teleférico, meio de elevação. As chairlifts são cadeirinhas individuais que levam esquiadores ao topo das montanhas.

Lista de espera/Wait List:
– Diz-se daquela solicitação de serviço ( reserva de viagem, bilhete aéreo, etc) pendente de confirmação.

Lodging House, Youth Hostel:
– Albergue.

Lounge:
– No exterior, é o que chamamos de sala vip nos aeroportos brasileiros. Nos hotéis, pode ser sala de estar e bar.

Left Luggage, ing: porta-bagagem; local para deixar malas e mochilas

Locker, ing: armário com chave, típico para guardar malas e mochilas

Lock-out, ing: hora em que um albergue fecha durante o dia

Low budget, ing: baixo orçamento, orçamento limitado

Luggage room, ing: sala ou quarto para guardar bagagem

Map/Meia-Pensão/Half-Board:
– Diária de hotel que inclui duas refeições (café da manhã e almoço ou jantar – normalmente sem bebidas).

Mão-na-roda, reg, port: facilidade

Motorino, ita: espécie de lambreta

Nave, port: espaço na igreja da entrada ao santurário

No Show:
– É o não comparecimento do passageiro, no dia e horário marcado, para utilização de um serviço adquirido ( mais usado para embarque em Cias Aéreas e hospedagem).

Outlet:
– Ponta de fábrica. Lojas que vendem a “preço de fábrica”. Também são chamadas de factory outlet e outlet mall.

Overbooking:
– Comercialização de bilhetes aéreos ou apartamentos em número acima dos disponíveis para ocupação.

Part-time, ing: meio-expediente, horário parcial

Patissêrie, fra: doceria, confeitaria

PF, abr, port: prato feito
PAX:
– Abreviatura usada para designar “passageiros”.

Pensão Completa/FAP/Full-Board:
– Diária de hotel que inclui três refeições (café da manhã, almoço e jantar – normalmente sem bebidas).

Person to person:
– A ligação telefônica só é efetuada se atender a pessoa solicitada.

Pitch:
– O espaço entre as poltronas de um avião.

Preservative:
– Conservante de geléias e enlatados.
Quarto duplo, port: quarto para duas pessoas, com uma cama de casal ou duas de solteiro

Queen Size Bed:
– Cama de casal pequena (de viúvo). O padrão americano é 2m por 1,20m.

Receptivo:
– É a agência credenciada pela empresa operadora da viagem, para receber os passageiros nos destinos e realizar os passeios incluídos na programação.

Rooming List:
– Relação de nomes de passageiros, divididos de acordo com os hotéis e acomodações a serem utilizados.

Ski-In/Out:
– Diz-se de hotel de montanha onde o hóspede pode sair/chegar esquiando. Trilha de esqui que liga o hotel diretamente às pistas regulares.

Stand By:
– Situação do passageiro que aguarda resposta sobre algum serviço solicitado (confirmação de passagem aérea, viagem, hotel, trem, etc.).

Safe box, ing: pequeno cofre para guardar dinheiro, jóias ou documentos

Sightseeing, ing: tour; passeio, geralmente de ônibus, onde se vêem todas as atrações em um único dia

Scooters, ing: espécie de lambreta

Shuttle, ing: ônibus que faz geralmente o trajeto estação de trem/aeroporto – centro da cidade

Single, ing: quarto para uma pessoa

Sleeping bag, ing: saco de dormir

Staff, ing: empregados, funcionários

Station, ing: estação

Rango, reg, port: refeição

Resort, ing: estação de veraneio, geralmente com algum luxo e conforto

Roubada, gir, port: dar-se mal

RU, abr, port: restaurante universitário

Traslado/Transfer:
– É o transporte terrestre de um passageiro. Pode ser “in/out”, quando se tratar do traslado de chegada/saída de um passageiro, em determinada cidade ( transporte do Aeroporto até o hotel e vice-versa).

Take-away, ing: levar

Ticket, ing: passagem, bilhete

Timetable, ing: livro ou painel com horários, utilizado para checar chegadas e saídas de trens e transportes em geral

Tourist Information, ing: centro de informações turísticas

Trekking, ing: caminhada, geralmente por trilhas

Up-Grade:
– Serviço oferecido como “cortesia” , por hotéis, navios, Cias. Aéreas, onde o passageiro usufrui um serviço superior ao que foi adquirido.

Valet:
– Mordomo que atende andares executivos (hotelaria). Funcionário que atende os quartos.

Valet Parking:
– Estacionamento com manobrista.

Vôo Regular:
– Vôos operados regularmente pelas Cias Aéreas, para vôos comerciais, nos os quais dispomos de acordos comerciais.

Voucher:
– É o documento entregue ao passageiro com todas as especificações dos serviços turísticos adquiridos. Ele pressupõe a confirmação dos serviços descriminados.

Voucher, ing: comprovante de pagamento de serviços já contratados como cursos, hotéis ou passeios

Waiter/Waitress, ing: garçom/garçonete

 

Abreviações:-

AC – apartamento com ar-condicionado
AGT – agente de turismo
ARPT – aeroporto
CHD – criança
Cia aérea – companhia aérea
DBL – apartamento duplo
DLX – apartamento de luxo
DLY – diária
EAP – cada pessoa adicional
G – hóspede/cliente
OF – apartamento com vista para o mar
PAX – passageiro/cliente
PP – por pessoa
PRKG – Estacionamento
RES – central de reservas/reservas
SC – taxa de serviço
SGL – apartamento single
STD – apartamento standard
STE – suíte
TPL – apartamento triplo
WC – banheiro/toalete no apartamento
WKLY – pacote de uma semana
.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: