Publicado por: lobusdaestepe | agosto 10, 2015

YOSEMITE E AS SEQUÓIAS GIGANTES

DSC00885

Saímos de San Francisco para o  passeio ao Parque de  Yosemite, logo pela manhã.

Fomos em direção leste, através da ponte da baía de Oakland , de onde tivemos  vistas deslumbrantes sobre o horizonte de San Francisco, Ilha de Alcatraz, Cais dos Pescadores e a ponte Golden Gate.

DSC00883

Um dica:-  para quem for viajar de carro pela Califórnia: o site da Caltrans, que cuida do sistema rodoviário da Califórnia, é extremamente eficiente e atualizado.

É só digitar o nome da pista, que ele informa tudo que está ocorrendo, como obras, trechos interditados, datas de reabertura e demais informações úteis.

Utilizamos também o  Waze, ele sempre procura o melhor caminho, evitando as pistas congestionadas.

Levamos além do Waze no celular(necessita de Internet), um GPS Tom Tom.

Porém, não confiem apenas  nisto, porque o GPS e o celular em vários momentos simplesmente desaparecem…, principalmente dentro do Parque.

Mapas  e anotações impressas ou offl ine são essenciais.

DSC00831

Alugamos o carro pela Decolar e o melhor preço estava na Thirty.

Como era perto do feriado do dia 12 de outubro, o carro econômico que alugamos não tinha  e nos deram um Prys  branco elétrico maravilhoso!!!

Nosso destino era  Yosemite Hotel Days Inn –  40662Highway 41 Oakhurst 93644

 

DSC00961

São cerca de 320km pela CA-120 e aproximadamente quatro horas de viagem desde San Francisco( levamos 6 horas com as paradas pelo caminho)

A administração do parque cobra uma taxa de US$20 por carro, válida por sete dias para múltiplas entradas.

Agora, preste atenção: decidir como chegar ao Yosemite não resolve o problema. Você também vai ter que decidir por onde entrar no parque.

DSC00898

Há quatro entradas diferentes e sua escolha vai ter que levar em conta seu ponto de origem , da onde você esta vindo(as entradas mais próximas para quem vem de São Francisco são Hetch Hechty e Bug Oak Flat) e o seu destino. Lembre-se: o parque é enorme e você pode passar horas dirigindo lá dentro se não se programar direito!

O hotel  que escolhemos Yosemite Hotel Days Inn dá acesso ao parque pela Highway 41 (Fresno) em 20 minutos de carro. Queríamos ficar em um hotel dentro do Parque, mas já estavam todos lotados, devido ao feriado.

 

DSC00894

A entrada do parque pela Highway 41 (Fresno) dá acesso à Mariposa Grove e ao Clacier Point. Pela estrada 41, que passa por dentro do vale do Yosemite em duas horas e meia você chega nesse parque com as maiores sequóias do mundo. Chegando de San Francisco chegará direto pela entrada sul do parque.

Conhecer o Yosemite e as Sequoias em apenas um dia  tem que ser bem programado.

DSC00932

É tudo muito bonito, enorme e a estrada que leva do Yosemite para o parque das Sequoias é uma estrada secundária ( US 40 ) e curvilinea que pode demorar até 3 horas de um parque para o outro.


O ideal seria  chegar no Yosemite um dia antes, passar o dia, conhecer pelo menos o vale do Yosemite dormir e daí sim viajar até as Sequoias no dia seguinte cedinho para pegar o sol por lá! Vale muito a pena!

 

DSC00937

Tome la I-580 este hacia la I-205 este hasta la carretera 120 este (Manteca) o la carretera 140 este (Merced) hasta el Parque Nacional Yosemite.

Chegamos já ao anoitecer, pois saímos de San Francisco  depois dás 13:00 hs e fizemos algumas paradas para almoço, abastecer o carro, etc.

 

DSC00889

Fomos para o Hotel, deixamos as malas e saímos para comer e comprar  no supermercado  água e algumas coisas para o dia seguinte.

Após um café da manhã com wafles deliciosos, partimos para o parque

Começamos a visita cedo pelo Mariposa Grove, o bosque de sequoias gigantes mais cobiçado do parque.

 

DSC00918

Ele possui várias trilhas passando por dezenas de sequoias, escolha o seu roteiro e pé na trilha! Andamos um pouco, mas vimos que se não seria possível  ver o parque todo em um dia  deste jeito.

DSC00953

Compramos o ingresso e pegamos um trenzinho que faz  a trilha  principal, passando pelas maiores e mais famosas sequóias. Vimos que tomamos a decisão certa, porque quando chegamos no alto da serra, havia algumas pessoas que estavam muito cansadas e queriam pegar o trenzinho para descer, mas ai já não era possível,  pois ele estava lotado.

DSC00909

Depois pegamos o carro e fomos  para o Glacier Point, se for inverno confirme antes se a estrada está aberta, -abertas de maio a outubro. Tanto a estrada da Mariposa Grove, quanto a Glacier Point Road podem fechar durante o inverno dependendo das condições de neve.

DSC00955

Lá no alto do Glacier Point você terá uma das vistas mais lindas do vale e o melhor, o carro fará todo o esforço por você. Descendo em direção ao Yosemite Valley faça uma parada no Tunnel View, onde está a vista clássica do vale, suas montanhas de granito, rio e cachoeira.

A Bridelveil Falls está pertinho da estrada do Tunnel View e a cachoeira fica com água quase o ano inteiro. Se quiser fazer algo diferente, pare no visitor center para ver um pouco da história do parque e alugue uma bicicleta para rodar os 22km ao redor do parque, aproveitando para procurar com mais calma algum dos black bears (ursos pretos) que ficam por ali.

 

DSC00991

No caminho as paradas obrigatórias para foto são os blocos de granito da Serra Nevada:  El Capitan, rocha da catedral, três irmãos, arcos reais, Half Dom, Yosemite Falls 2.425 metros, a maior queda na América do Norte e a Swinging Bridge .

Se estiver com pouco tempo ou preguiça da bicicleta você pode fazer o mesmo de shuttle. Estacione o carro em um dos dois estacionamentos do parque e pegue o ônibus gratuito entre as atrações e trail heads. Este link te dá dicas das trilhas mais fáceis que você pode encaixar neste dia de explorações.

DSC00858

Por falar em mirante, e estando de carro, não deixe de ir também ao mirante de Twin Peaks, em San Francisco, que te dá uma visão 360º de San Francisco: http://goo.gl/maps/Skll

Anúncios

Categorias

%d blogueiros gostam disto: