Publicado por: lobusdaestepe | setembro 3, 2015

Roteiro completo pela Califórnia: De São Francisco a San Diego pela BIG SUR dirigindo pela Pacific Coast Highway

mapa

Antes de sairmos de  San Francisco, fomos  conhecer o lado da cidade que fica entre a Golden Gate e o oceano pacífico.

Primeira parada: Baker Beach ou Marshall Beach.  De lá, passada rápida na Legion of Honor só pra conhecer e depois a Cliff House, restaurante que era uma casa antiga pendurada num penhasco bem no início da parte litorânea, na Ocean Beach.

DSC00873DSC00859

Por falar em mirante, e estando de carro, não deixe de ir também ao mirante de Twin Peaks, que te dá uma visão 360º de San Francisco: http://goo.gl/maps/Skll

Lembrem-se de andar sempre com o tanque cheio, especialmente antes de sair de Monterey.

Neste trecho da Big Sur da CA-1 são raros os postos de gasolina e bem mais caros.

Saindo de São Francisco, existem duas estradas que conectam até Los Angeles. A primeira é a 101, que é o caminho mais rápido (aproximadamente 5 horas), mas não vai beirando o litoral e, portanto, não é tão bonita.

A outra opção é a famosa Highway 1 que tem paisagens inacreditavelmente lindas. Pela Highway 1 o trajeto direto até Los Angeles levaria aproximadamente 7 horas e meia, mas vale a pena perder pelo menos uns 3 dias por ali.

Dirigindo pela Pacific Coast Highway:- Para começar a viagem pela PCH1 a partir de San Francisco, o ideal é sair logo cedo, para aproveitar as paradas pelo caminho.

A saída de San Francisco é pela Golden Gate Bridge, que a Califórnia 1 S compartilha com a US 101. Neste trecho, de San Francisco até Monterey, são 192 Km/119 milhas.

O GPS diz que só precisa de duas horas e 20 minutos para chegar até o destino, mas não acredite. A viagem é para ser feita sem pressa, porque há muito o que ver pelo caminho. E por falar em GPS, lembre-se que é preciso brigar ele e pedir que ele vá pela CA-1 S/ Cabrillo Highway para ver todos os pontos sugeridos.

O eixo Monterey-Carmel-Big Sur, de apenas 70 quilômetros, detém a maior concentração de  paisagens lindas por quilômetro rodado. Neste trecho você vai encontrar o fabuloso Aquário de Monterey, a fantástica 17-Mile Drive, o charmoso vilarejo de Carmel (aquele que o prefeito era o Clint Eastwood) e a vertiginosa costeira até a entrada da reserva de Big Sur. Caso não se interesse por Los Angeles, você pode pernoitar e retornar dali mesmo (de Carmel a San Francisco são menos de 200 quilômetros pela auto-estrada 101, que vai pelo interior) .

DSC01044

Aprenda a programar o  GPS, senão vai perder o que esta estrada tem de melhor.

Se você quer aproveitar bem sua viagem, dirigir nos Estados Unidos sem GPS é impossível. Nesta rota, porém, não basta ter um GPS: é preciso fazer com que o danado obedeça às suas ordens. Aprenda a programar os trechos que você quer fazer pela Highway 1, que é uma estrada secundária

Aqui alguns pontos de parada recomendado neste trecho.

Primeira parada:   Half Moon Bay

DSC01025

Half Moon Bay – O primeiro ponto de parada fica a cerca de 40 Km de São Francisco, numa praia que fica na beira da estrada e é muito procurada por surfistas. Se você estiver passando por aqui na hora do almoço, vale dar uma parada no restaurante Sam’s Chowder House que é típico de frutos do mar no estilo da Nova Inglaterra, foi votado com um dos melhores restaurantes de São Francisco e tem uma vista maravilhosa para o mar Half Moon Bay é famosa por abrigar Mavericks, uma das maiores ondas do planeta, cenário principal do filme “Tudo por um Sonho” (Chasing Mavericks), com o Gerard Butler.

Para chegar lá procure no GPS o Pillar Point Air Force Station – um centro militar de observação no alto da montanha de frente para o mar – estacione antes de subir a ladeira pra chegar nessa estação (é proibido, então você vai ver logo o estacionamento à esquerda), depois é só seguir caminhando por 5 minutos até o mar, bem no início do paredão que faz o Pillar Point Harbor. Pronto, você vai avistar duas pedras grandes bem dentro do mar. É lá que fica a famosa onda. Para ver melhor suba um pequeno morrinho árido bem na frente da praia (subida de menos de um minuto, mas melhor a vista do alto).

Além de Mavericks, em Half Moon Bay vale a pena ver o Pillar Point Harbor (a marina da cidade), comer no restaurante Creekside Smokehouse (280 Avenue Alhambra, tel 1 650-712-8862) – pratos de salmão defumado .DSC01047

Saindo de Half Moon Bay, 7,5 milhas depois, vale muito a pena passar pelo hotel The Ritz-Carlton.

O hotel é sensacional, é como um castelo no alto de um penhasco de frente pro mar em um campo de golf e condomínio de luxo compondo a paisagem.  Quem sabe um dia ainda ficamos lá….

Pigeon Point

Pigeon Point Lighthouse e Whaler’s Cove – 20 milhas/32 km depois de Half Moon Bay, fica o farol chamado de Pigeon Point, um dos vários faróis que se estendem pela costa da Califórnia.O que esse tem especial, além do acesso a praia e uma vista privilegiada é a possibilidade de se hospedar nele. O Pigeon Point é um Albergue da Juventude da rede Hosteling International. Entre as curiosidades deste albergue, está uma banheira de hidromassagem com vista para o pacífico. Um outro ponto alto é a vista privilegiada para uma área chamada Whaler’s Cove onde as baleias passam durante a sua rota migratória e fazem um espetáculo.Esse evento das baleias acontece geralmente de Março a Maio, que é um dos períodos mais concorridos no albergue. Pigeon Point Lighthouse, farol interessante de ver e fotografar fica  a 19,6 milhas do Ritz-Carlton.

Evite dirigir lá a noite. As curvas são muito traiçoeiras e só existe uma faixa para cada mão, ou seja, sem ultrapassagens na maior parte do caminho. Ainda assim, acho que vale muito a pena ver o por do sol lá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: