Publicado por: lobusdaestepe | novembro 6, 2016

Símbolos:o que significam

Nas viagens sempre nos deparamos com vários símbolos, alguns conhecidos outros não, mas o que verdadeiramente eles significa , desconhecemos.

dsc02909-001

Encontrei em um blog,  http: tabernaculodoperipatetico.blogspot.com.br,  explicações de vários símbolos que encontramos em igrejas, templos, ruelas medievais, etc.

“Símbolo” significa agregar e originou-se no costume de quebrar um bloco de argila para marcar o término de um contrato ou acordo: cada parte do acordo ficaria com um dos pedaços e, assim, quando juntassem os pedaços novamente, eles poderiam se encaixar como um quebra-cabeça.

Símbolo carrega o sentido de unir as coisas para criar algo maior do que a soma das partes, como nuanças de significado que resultam em uma ideia complexa.

.dsc_0116-001

Ankh ou “Cruz com laço”, “Cruz egípcia” “Cruz Ansata símbolo egípcio que representa a vida, o conhecimento cósmico e o intercurso sexual”. Imortalidade. a chave dos portões que separam a vida e a morte.
Circulo O movimento cíclico do Universo e das energias. Representa toda forma de força cíclica, seja corpórea ou universal ininterrupta. A aliança de casamento por exemplo.
Olho de Hórus símbolo egípcio. Representa o olho divino do deus Hórus, as energias solar e lunar, proteção espiritual e o poder clarividente do Terceiro Olho.
Pentagrama pagão representa os quatro antigos e místicos elementos: fogo, água, ar e terra, superados pelo espírito. Na Wicca o símbolo é geralmente desenhado com a ponta para cima a fim de simbolizar as aspirações espirituais humanas.
Selo de Salomão ou Hexagrama De dois triângulos entrelaçados simboliza a alma humana, sabedoria, e reforço dos poderes psíquicos. Simboliza involução e evolução. É símbolo usado como amuleto para dar sorte; representa o casamento perfeito entre masculino e feminino, compreensão entre sexos.

ESTRELA DE DAVI de seis pontas, dois triângulos entrelaçados, é o símbolo mais conhecido do Judaísmo.

OM – Símbolo máximo do hinduísmo para o som sagrado OM (aum), é conhecido como a mãe de todos os mantras e orações. É a representação dos deuses que formam a tríade do hinduísmo: Brahma, Vishnu e Shiva. É tido como a soma de todos os sons do universo. OM também é representado pelo 3HO.
SUÁSTICA No hinduísmo representa a força positiva da vida e da alegria. No budismo é conhecida como manji, representa o balanço dos opostos e a harmonia universal, no zen budismo representa a harmonia entre o amor e o intelecto.

Em 1920 Adolf Hitler, adota a suástica, de forma invertida, como símbolo do nazismo.

Suástica – É um símbolo religioso formado pela cruz grega com braços em ângulos retos. Antes de ter sido adotada pelo nazismo, a suástica era um símbolo sagrado de boa sorte e de saúde. Existem milhares de símbolos da suástica pelo mundo e o mais antigo de todos, data do ano 12.000 A.C.

Sol – Considerado pelo povo egípcio como o primeiro Deus, talvez tenha sido a primeira manifestação monoteísta do mundo, o deus Rá.
O Tao ou Yin Yang – A representatividade chinesa do macro e microcosmos e das duas energias que regem das duas energias que regem o mundo, yin e yang; o feminino e o masculino; o bem e o mal; a ordem e o caos; – energias opostas que se complementam.
Triângulo – luz, trevas e tempo; passado, presente e futuro; sabedoria, força e beleza; nascimento, vida e morte; liberdade, igualdade e fraternidade. É um símbolo sagrado da Deusa Tripa: Virgem, Mãe e Anciã. Invertido simboliza o princípio masculino. Tem cabalisticamente duas formas de interpretação, define o temário, numero três: causa, ação e reação. É também a força do etéreo quando o vértice está para cima.
Lua Crescente – É um símbolo da Deusa da energia feminina, da fertilidade, do crescimento abundante e dos poderes secretos da Natureza. É utilizado nas celebrações dos Sabbats e nos rituais de cura das mulheres.
Tridente – É um símbolo sagrado de três falos, ostentado por qualquer deidade masculina cuja função é unir-se sexualmente à Deusa Tripla. É utilizada principalmente em Grandes Rituais, Magia Sexual e rituais de fertilidade. Símbolo do deus netuno e da psicologia
Pentalfa – É um desenho mágico formado pela interseção de cinco letras A. símbolo sagrado de “ioni”, da energia mágica, da proteção, do infinito, da perfeição e da renovação constante.
Cruz Celta – coragem e heroísmo, ajuda a superar obstáculos e a conquistar vitórias graças aos próprios esforços. A divindade relacionada a esse talismã é Lug, o Senhor da Criação na mitologia celta.
Triskle Celta (Símbolo celta) – sintetiza toda a sabedoria desse povo. Ele representa as três faces da mulher, considerada a expressão máxima da natureza: a anciã, a mãe e a virgem. – ou seja, a intuição, a ternura e a beleza – e ajuda a obter proteção contra todos os males. A divindade relacionada a esse talismã é a própria natureza, cultuada pelos celtas.
CRUZ DE MALTA Também conhecida como cruz de São João, tem oito pontas, como símbolo místico significa as forças centrípetas do espírito, emblema da Ordem dos Cavaleiros de São João da Ilha de Malta. Também muito usada nas condecorações militares.
CRUZ TEMPLÁRIA Um círculo com cortes, representando os machados, como símbolo de força, em defesa da fé cristã.
CRUZ A cruz é um dos símbolos mais antigos do Cristianismo. Um dos significados teológicos da cruz é o relacionamento da humanidade (representada pela haste horizontal) com Deus (representado pela ponta superior da cruz) e o mundo material (representado pela ponta inferior, que toca ao chão).

É possível perceber então, uma divergência de opinião entre a Igreja Ocidental e a Oriental (Romana ou Latina e Grega ou Ortodoxa), enquanto que a Igreja Latina defende uma proximidade maior da humanidade com Deus, e por consequência um distanciamento da vida material, a Igreja Grega defende um equilíbrio entre ambos.

CRUZ DE NERO princípio a derrota do Cristianismo. Na Idade Média, passou a ser vinculada com Satanás. No final da década de 50 o ateu britânico Bertrand Russel, a adotou como símbolo da paz, sendo também usada com esta finalidade pelos movimentos hippies na década de 60. Hoje é usada por grupos de rock, heavy metal e black metal.
ARCO-ÍRIS Segundo a tradição judaico-cristã, o arco-íris é o sinal do pacto entre Deus e a humanidade, representada por Noé: Em algumas tradições folclóricas, como as sérvias, albanesas, húngaras e francesas, o arco-íris está associado à mudança de sexo, por este motivo é o símbolo do movimento gay.
ANARQUIA é o estado de um povo em que o poder público, ou de governo, tenha desaparecido. É a negação do princípio de autoridade, trazendo confusão e desordem. Seu símbolo foi usado inicialmente por grupos punk, sendo usado atualmente por grupos heavy metal.
CÍRCULO COM UM PONTO NO CENTRO  Símbolo usado pelo movimento de Nova Era para representar a deificação ou endeusamento do homem, sendo que o ponto no centro simboliza a energia, que segundo eles, emana para todo o ser. Na astrologia é o símbolo do sol.
DELTA LUMINOSO Símbolo importante dentro da Maçonaria. Significa a presença ante Deus e sua onisciência, sua vigilância divina que registra cada ato que o ser humano pratica.
INFINITO. Representa o infinito, eternidade e potencial divino.
COMPASSO E ESQUADRO Na Maçonaria o compasso por ser um instrumento que traça círculos, abrindo e fechando, delimitando espaços, representa o senso da medida das coisas. Significa a justiça. O esquadro simboliza o equilíbrio e a harmonia. Para o maçom, o instrumento simboliza a retidão, limitada por duas linhas: uma horizontal, que significa a trajetória a percorrer no mundo físico; e a outra vertical, que significa o caminho para cima.

A letra “G” tem grande significado para a Maçonaria. O principal significado é a representação do Grande Geômetra, outra designação de Deus.

ÁGUIA Um símbolo sem ambiguidade e universal para força, velocidade e percepção. No Cristianismo a águia representa o Evangelho de João. A águia está amplamente associada ao poder e à liderança e foi adotada de várias formas por civilizações ambiciosas e expansionistas como um símbolo de identidade nacional e soberania.

1 – A águia foi símbolo do Império Romano, da Alemanha nazista e é o símbolo dos Estados Unidos da América.

2 – Estandartes Romano com a abreviação de senatus popolusque romanus (o Senado e o povo romano).

3 – Brasão de Armas da Alemanha nazista.

Selo do Presidente dos Estados Unidos da América, modificado pelo Presidente Truman em 1945 em relação à sua versão original de 1880. A mudança da cabeça da águia do lado direito para o lado esquerdo (em direção ao ramo de oliva, símbolo da paz) foi considerada como símbolo de mudança de guerra para paz.

ICTHUS O peixe é um dos primeiros símbolos cristãos e marcava lápides nas catacumbas romanas, onde cristãos perseguidos se encontravam em segredo para seguir sua fé. É baseado nas primeiras letras gregas de Jesus Cristo de Deus Filho Salvador, Ieosus Christos Theou Yios Soter, que se soletra Icthus, a palavra grega para peixe.
ESTRELA E CRESCENTE O crescente no Islamismo representa a autoridade divina e o crescimento devido à associação com a lua crescente. Também representa a expansão do mundo islâmico. A estrela matinal representa o Paraíso. Juntos, representam o mundo Islâmico, aparecendo prioritariamente nas bandeiras, inclusive nas do Paquistão e Turquia. A estrela e o crescente são comuns na arquitetura islâmica.
FOICE E MARTELO O martelo representa a produção, enquanto que a foice é um emblema da agricultura. A foice e o martelo eram o emblema da antiga União Soviética e simbolizava uma produção frutífera, a união dos trabalhadores urbanos e rurais.
MASCULINO E FEMININO Os símbolos usados para representar os sexos masculino e feminino são os mesmos usados na astrologia para representar os planetas Marte e Vênus. Marte era o deus romano da guerra e Vênus era a deusa romana do amor.
LÁBARO O lábaro é um dos primeiros símbolos do Cristianismo. Letras gregas do nome de Cristo, X (chi) e P (rho). A história conta que o imperador Romano Constantino I teve uma visão da cruz de Chi-Rho prometendo vitória a seu exército, depois que ele se converteu ao Cristianismo.
FLOR-DE-LIS Associada à realeza francesa, a flor-de-lis tem três pétalas, representando a Santa Trindade e a tripla majestade de Deus, criação e realeza. Símbolo da França. É o símbolo do movimento escoteiro, as três pétalas representando os três pilares da promessa escoteira e o apontar para o Norte em mapas e bússolas, mostra para onde o jovem deve ir, sempre para cima.
MÃO DE FÁTIMA Fátima era a filha de Muhammed e sua esposa Aisha, a tradição muçulmana xiita lhe confere atributos como os que são atribuídos pelo catolicismo à Virgem Maria, referindo-se a ela como “Soberana das Mulheres de Todos os Mundos”, a “Virgem” e a “Pura e Sagrada”, As mulheres xiitas viajam até os santuários dedicados à Fátima, onde oram para obter ajuda. Amuletos, conhecidos como a “mão de Fátima”, são sagrados e usados para a proteção. Os cinco dedos da mão simbolizam os cinco pilares do Islamismo (A crença em Allah, no Corão, nos anjos, nos profetas e no dia do Juízo Final.).
CAVEIRA: O crânio humano simboliza, de forma geral, o caráter transitório e perecível da existência. É o que resta do ser humano após a destruição do corpo, adquirindo assim o sentido de “receptáculo da vida”. “recipiente da transmutação”. Ou simplesmente a morte.
VERMELHO É a cor do sangue, do calor, do poder, da paixão e do perigo. Energizante e estimulante. Cor de sorte em toda a Ásia simboliza a força da vida. É a cor do poder. A cor do pecado e do desejo descontrolado, e não era bem visto. É a cor da atividade e da criatividade.
AZUL Cor do céu e do mar simboliza amplitude, eternidade e espiritualidade. Cor da verdade,

Mantos azuis simbolizam sua conexão superior, assim como a devoção eterna e sabedoria espiritual. Azul simboliza lealdade, devoção, amizade e verdade, confiança.

ROXO O roxo indicava realeza e alto nível social. Cor para afastar a adversidade.
AMARELO É a cor do Sol, sabedoria e patrona do aprendizado e das artes, renúncia à vida material.
VERDE Simboliza esperança, renovação e renascimento. Representa a fertilidade da natureza.

Fertilidade e o oculto conhecimento que a natureza esconde.

PRETO O preto indica ausência de luz e também o poder das trevas. É um sinal de luto em muitas culturas islâmicas e no cristianismo ocidental. A magia negra é associada a forças malignas e danosas.  A cor da ressurreição da morte e da vida eterna, preto é a cor da noite, da dor, da adversidade, assim como do mistério.
BRANCO Símbolo de celebração. Representa a pureza e a virgindade

O mundo dos espíritos. Cor da luz, o branco é geralmente lembrado como uma cor da sorte.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: