Publicado por: lobusdaestepe | fevereiro 8, 2018

As comidas mais perigosas no mundo

Jamaica Ackee 3

Ackee

É uma fruta da família Sapindaceae (a mesma família do guaraná), com origem na África Ocidental, Costa da Guiné, mas mais comumente associada à Jamaica , onde é a fruta nacional. O ackee pode causar vômitos severos se comido antes de estar totalmente maduro. A causa? Um veneno chamado hipoglicina.  Com uma concha cor rosa – laranja por fora, o fruto só esta maduro para comer quando estiver com a cor  amarelo pálido, que fica intenso quando recebe calor, e em suas pontas tem umas grandes e redondas sementes negras brilhantes. Mas o ackee tem grandes propriedades medicinais: é utilizado contra parasitas, para combater a disenteria, a conjuntivite oftálmica e dores de cabeça, por isso, a fruta se torna essencial como insumo básico de qualquer família jamaicana. A fruta também contém proteínas, cálcio, ferro, vitamina A, B e C, entre outros nutrientes.

Resultado de imagem para mandioca

Mandioca

Eleita pela Organização das Nações Unidas, a ONU, como o alimento do século 21, ela é reverenciada por aqui há muito tempo e chegou a ser apelidada de “rainha do Brasil. Mandioca, macaxeira, aipim,aipi, maniva, maniveira.Várias culturas africanas e sul-americanas transformam este tubérculo em farinha, purê, bolo, beiju, sopa, angu , frita,  mas apenas depois de cozinhá-lo muito bem. Quando mastigada, a mandioca crua liberta a enzima linamarase, que converte um composto na raiz em cianeto.

Resultado de imagem para ruibarbo

Ruibarbo

As folhas de ruibarbo (ambas cruas e cozidas) contêm grandes quantidades de ácido oxálico, que pode levar rapidamente a insuficiência renal em humanos. Os sintomas de intoxicação incluem dificuldade em respirar, diarreia, dor nos olhos e urina vermelha. Só precisa cerca de 15 a 30 gramas de ácido oxálico puro para matar um humano, mas não se preocupe demais – você teria que comer cerca de 11 quilos de folhas de ruibarbo para atingir essa quantidade letal.

Relatively hard to find—they’re harvested in the Gulf of Mexico, the Atlantic, and some parts of the Pacific—these bivalves live in a lower oxygen environment than their more widely consumed cousins and, thus, filter way more water to get the nutrients they need. In turn, they may ingest more viruses and bacteria, including hepatitis A, typhoid, and dysentery. If you spot them, ask about the specimens’ origins and avoid those culled from China’s waters as they’ve been responsible for hepatitis outbreaks.

Blood Cams  ou Moluscos de sangue

Relativamente difíceis de encontrar – eles são colhidos no Golfo do México , no Atlântico e em algumas partes do Pacífico –  vivem em um ambiente de oxigênio inferior ao dos seus primos mais amplamente consumidos e, assim, filtram mais água para obter o nutrientes de que necessitam. Por sua vez, eles podem ingerir mais vírus e bactérias, incluindo hepatite A, febre tifóide e disenteria. Para  identificá-los, pergunte sobre as origens dos espécimes e evite os que são retirados das águas da China, pois foram responsáveis ​​por surtos de hepatite.

Resultado de imagem para san nakji

San-nakji

Sannakji, ou sannakji hoe, é uma variedade de hoe, ou prato cru, da culinária coreana. Consiste de nakji que foi cortado em pequenos pedaços enquanto vivo, e servido imediatamente, usualmente levemente temperado com gergelim, ou óleo de gergelim.

Por as ventosas dos pedaços dos tentáculos ainda estarem vivas quando o prato é servido, deve ter um cuidado especial ao comer sannakji, pois os tentáculos podem prender-se à boca ou garganta, causando asfixia,especialmente se estiverem intoxicadas

Resultado de imagem para hakarl

Hákarl

O tubarão Greenland fermentado ganha seu lugar na lista porque a espécie não possui trato urinário, o que significa que todos os resíduos e substâncias potencialmente tóxicas são filtrados na carne do animal. É preciso um processo de seis meses para tornar a iguaria islandesa segura para comer.

 

Quando cru, as castanhas de cajus contêm urushiol, que pode ser fatal em grandes quantidades. Os sacos de “caju cru”  vendidos em prateleiras das lojas são enganadores. Esses grãos realmente foram cozidos, assados ou fritos para livrar-os do químico perigoso.

Imagem relacionada

Rã-gigante africana

Comedores aventurosos podem procurar esta criatura anfíbia em nações africanas como a Namíbia , onde as pessoas preferem comer o sapo inteiro (ao invés de apenas as pernas, como você costumava ver nos menus franceses). Aviso justo: você  se arrisca a ter insuficiência renal, pois a pele e os órgãos das rãs contêm uma variedade de substâncias tóxicas para os seres humanos. Oss moradores consideram que são bons consumir só após a “terceira chuva” da área,  uma vez que as criaturas terminaram o acasalamento.

Você não terá problemas se você apreciar a carne amadurecida destes orbes violetas em geléia ou geléia;  Você pode até mesmo vê-los (ou suas flores) usados ​​na homeopatia para tratar feridas e resfriados da pele.  Mas as folhas, galhos e sementes podem apresentar um problema se ingeridas, especificamente sob a forma de náuseas e outras formas mais graves de doença.

    Elderberries

Pode ser  apreciado na forma de xarope, geléia ou até mesmo vê-los (ou suas flores) usados ​​em homeopatia em todo o mundo para tratar feridas e dermatites da pele. Mas as folhas, galhos e sementes podem apresentar um problema se ingeridas, com náuseas e outras formas mais graves de doença. Bagas não cozidas e outras partes de plantas deste gênero são venenosas. As folhas, galhos, ramos, sementes e raízes das plantas de Sambucus podem conter um glicosídeo de cianidina .

Talvez o alimento mais conhecido desta lista, delicados trechos de peixe-tanquinho (aka blowfish) só pode ser servido por chefs altamente treinados porque seus órgãos internos - especificamente seu fígado, intestinos e ovários - concentraram quantidades de um composto paralítico chamado tetrodotoxina , o que pode ser fatal para os seres humanos se ingerido.  Os preparativos mais ousados ​​contêm apenas um smidge da substância potencialmente letal, que é 1.200 mais tóxico do que o cianeto, para dar aos comensais uma sensação de tingir enquanto eles o comem.  ** Mais sobre comida em todo o mundo: ** [Donuts Worth Flying For] (http://www.cntraveler.com/daily-traveler/2012/10/donuts-shops-bakeries-new-york-london-voodoo- portland_slideshow_item0_1) [Os melhores sanduiches da América] (http: //www.cntraveler.

 

Fugu (Japão) ou Baiacu (Brasil)

Talvez o alimento perigoso mais conhecido nesta lista possa ser servido apenas por chefs altamente treinados, porque seus órgãos internos – especificamente seu fígado, intestino e ovários – concentraram quantidades de um composto paralítico chamado tetrodotoxina, que pode ser fatal para os seres humanos se ingerido. Os preparativos mais atrevidos (mais popular no Japão ) contêm apenas um smidge da substância potencialmente letal, que é 1.200 vezes mais tóxica do que o cianeto, para dar aos comensais uma sensação de formigas ao comerem.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: